Duelo contra o São Paulo, situação de Luciano, irregularidade do Flu e muito mais; veja a íntegra da entrevista coletiva de Marcelo Oliveira






Treinador concedeu entrevista no começo da tarde desta sexta-feira

O técnico Marcelo Oliveira concedeu entrevista coletiva após o treinamento desta sexta-feira (31), no CTPA. O comandante tricolor falou sobre o duelo contra o São Paulo, falta de oportunidades a Bryan Cabezas, substituto de Pedro, chances de contratar um novo meia e muito mais. Confira a íntegra abaixo:

Duelo contra o São Paulo

Marcelo Oliveira: Trabalho do Aguirre é muito bem feito. O São Paulo mudou bastante, não finaliza tanto, mas é preciso. Usa muito a bola aérea lateral, recompõe rápido e marca com muitos. Um time bem equilibrado. Esse equilíbrio o levou a essa posição. Não sei quem o São Paulo vai escalar. Mas temos que jogar de forma natural, marcar bem. O futebol mundial está assim: quando não tem a bola, tem que marcar com muitos, preencher espaços. Fazer também o São Paulo correr atrás para nos marcar.

LEIA TAMBÉM: Fim de papo

Jogar por uma bola

Marcelo Oliveira: Primeiro que não vejo nenhum time que você possa enfrentar que você tenha essa sensação que não há a capacidade de ganhar. No Brasil, está bem equilibrado. Talvez tivéssemos esse sentimento contra Palmeiras e Corinthians, mas ganhamos. Contra o Cruzeiro, fora de casa, perdemos com um gol no fim que poderia ter sido evitado. É um aspecto do torcedor, para o time que o tenha com um número maior, mas não pode ser um problema para o outro. Vamos jogar com precaução, mas tentando agredir e jogar como time grande que o Fluminense é.

Cuidados com Diego Souza

Marcelo Oliveira: Lei do ex tem que acabar (risos). Diego Souza foi meu jogador no Vasco e depois o levamos para o Cruzeiro. É extremamente perigoso. Temos que tirar ele da área. Usa bem as diagonais, tem um chute bom. Temos que adiantá-lo para ele jogar mais longe da área e minimizar esse problema. Ele encaixou muito bem no São Paulo.

Clique aqui para realizar sua inscrição no canal do Explosão Tricolor no YouTube!

Semana de treinos

Marcelo Oliveira: Procuramos fazer coisas que não vínhamos fazendo em semanas com poucos treinos. Contra-ataques, finalizações… A semana foi ótima. Vamos para esse jogo sabendo das dificuldades, mas com total confiança de que podemos surpreender e ganhar.

Substituto de Pedro

Marcelo Oliveira: Todos lamentamos a contusão (do Pedro) pelo fato de ficar fora da Seleção e nos desfalcar. Esperamos que não seja nada grave, que possa voltar a nos ajudar em breve. O Kayke é o substituto imediato, fez uma semana muito boa de trabalho. A semana foi boa e nos traz otimismo e confiança para o próximo jogo.

Clique aqui para seguir o Explosão Tricolor no Instagram!

Irregularidade do time

Marcelo Oliveira: Temos total consciência disso. Em um campeonato como esse, temos que fazer o dever de casa. Temos feito bem, ganhamos de Palmeiras, Corinthians… É um desafio pontuar mais fora de casa. Temos que minimizar o erro e proteger o resultado. Jogo do Cruzeiro, pela dificuldade, se não dava para ganhar, o empate seria importante. Basicamente ser mais regular e criar uma estratégia boa fora de casa.

Falta de oportunidades a Bryan Cabezas

Marcelo Oliveira: Falta a minha convicção de que ele deve ser aproveitado. Jogos são muito acirrados, decisivos, precisamos ter a certeza maior de deixar fora outros jogadores como Matheus, Marcos Júnior, Everaldo. Um pouco mais de convicção que devemos aproveitá-lo.




Esquecimento de Pablo Dyego 

Marcelo Oliveira: É mais pela concorrência maior na função que ele exerce. Temos Everaldo, Marcos Júnior, Matheus…. Mas é um jogador extremamente dedicado, que pode nos ajudar na sequência. Principalmente na Sul-Ameircana, já que o Pedro é dúvida e o Kayke não está inscrito. Já foi solicitado para empréstimo e não liberamos porque confiamos nele.

Situação de Luciano

Marcelo Oliveira: Estamos tendo cuidado a mais com o Luciano. Ele chegou sem jogar há um tempo. Precisa recuperar, ganhar ritmo de forma equilibrada para não se machucar novamente. Ele deve ser relacionado.

Chances de contratar um novo meia 

Marcelo Oliveira: A diretoria está sempre atenta, mas esbarra nas dificuldades do clube e na disponibilidade de um jogador como o Sornoza. Assim sendo, vamos ter que criar alternativas (para quando ele estiver com a seleção do Equador), com alguém que tenha características de meia ou alguém que possa fazer essa função.



CONFIRA TAMBÉM:

João Carlos confirma acerto com novo clube

Copa Sul-Americana: Conmebol confirma datas e horários dos confrontos entre Fluminense e Deportivo Cuenca

Por Explosão Tricolor 

Siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE