Ele não




Felipe Melo (Foto: Flickr do Palmeiras - Divulgação)



Fala, galera tricolor! Dei uma descansada nos últimos dias, mas sempre de olho no Fluminense. O foco de momento é a conquista de uma vaga direta para a Copa Libertadores 2022. Apesar de ter criticado bastante ao longo da temporada, sempre falei que era possível por conta do elevado número de vagas e, principalmente, pelo fato de o Brasileirão estar nivelado por baixo. É claro que o Atlético-MG, Palmeiras e Flamengo estão fora desse bolo, pois os três realmente possuem os melhores elencos do Brasil e também da América do Sul.

Sobre as últimas notícias, muitas especulações começaram a surgir no mercado da bola, porém, uma delas parece ser bem real: o interesse do Fluminense na contratação do Felipe Melo. Honestamente, não consigo entender a forma que a gestão enxerga futebol. Além de um bom técnico, o elenco tricolor necessita urgentemente de um lateral para cada lado e um camisa dez de verdade. Aí surge essa história com o Felipe Melo, que não deve ter um salário tão baixo e ainda está em final de carreira.

Alguns tricolores alegam que o veterano volante é vencedor e isso contagiaria o restante do elenco. No entanto, essa turma esquece de um importante detalhe: o Felipe Melo realmente conquistou muitos títulos, mas atuando em grandes esquadrões como o atual Palmeiras bicampeão da Libertadores e o Cruzeiro da Tríplice Coroa de 2003.

Em um clube mais saudável financeiramente e com um elenco forte, eu não seria contra a chegada do Felipe Melo. Mas no Fluminense, que possui sérias limitações financeiras e precisa pensar milhões de vezes antes de qualquer movimentação no mercado, não vejo com bons olhos. 

Espero que a diretoria tricolor repense esse interesse no Felipe Melo e concentre os poucos recursos disponíveis nas posições mais carentes do elenco. Sendo assim: “Ele não!”

Para encerrar, o lateral-direito Byron Castillo, do Barcelona de Guayaquil, é uma boa. Para quem pagou US$ 1,5 milhão por 50% dos direitos econômicos do Caio Paulista, pagar US$ 2,2 milhões pelo melhor lateral-direito da última Libertadores não é nada! Já o Mario Pineida, que também atua na equipe equatoriana, não me agrada muito.

Observações:

– A torcida está fazendo a parte dela para o último jogo do ano. Mais de 20 mil ingressos vendidos. Se vencer o Bahia, acho que dará, no mínimo, 40 mil.

– Sobre a divulgação das finanças referentes ao terceiro trimestre, comentarei depois do dia 9. O foco agora é a vaga na Libertadores!

– Siga-me no Twitter através do perfil @ViniFLU18 (clique aqui)

– Clique aqui e realize a sua inscrição no nosso canal do YouTube!

Forte abraço e ST

Vinicius Toledo



Veja a sequência de cada time que está em busca de uma vaga para a Libertadores 2022:

5º RB Bragantino 53 pontos e 13 vitórias

Atlético-MG (F) e Internacional (C)

6º Fortaleza – 52 pontos e 15 vitórias

Juventude (C), Cuiabá (F) e Bahia (C)

7º Fluminense – 51 pontos e 14 vitórias

Bahia (F) e Chapecoense (C)

8º América-MG – 49 pontos e 12 vitórias

Ceará (F) e São Paulo (C)

9º Ceará – 49 pontos e 12 vitórias

América-MG (C) e Palmeiras (F)

9º Internacional – 48 pontos e 11 vitórias

Atlético-GO (C) e RB Bragantino (F)

PUBLICIDADE