Em meio a atrasos salariais, Wagner fala em dar “um voto de confiança” aos dirigentes tricolores




No desembarque desta segunda-feira, o meia Wagner falou sobre a possível saída de mais jogadores e reconheceu que existe atraso salarial por parte da Unimed.

– Sabemos que há atrasos da parte da Unimed (que chegaram a dois meses) e perda de jogadores talvez aconteçam. Mas temos de saber levar. Futebol é assim. Esses jogadores jogam em um clube importante como o Flu e, individualmente, a temporada passada foi muito boa para alguns desses jogadores, como é o caso do Fred, do Conca e de outros que já saíram – afirmou o meia.

Wagner também expressou toda sua confiança na diretoria do Fluminense, segundo ele, esse é o momento de dar um tempo e acreditar na palavra dos dirigentes.

– Sabemos que tem muita especulação, mas temos total confiança no Mário (bittencourt, vice de futebol) e no presidente (Peter Siemsen), que já passaram para ficarmos tranquilos que as coisas vão se resolver. Temos que dar um tempo, vamos acreditar na palavra deles, dar um voto de confiança. Sabemos que no final, na hora de brigar para ser campeão e na hora de levantar a taça, vai ter valido a pena todo o sufoco que estamos passando.

Por Explosão Tricolor/ Fonte: Lancenet / Foto: Nelson Perez

PUBLICIDADE