Flu notifica sumiço de promessa da base na Ferj e CBF; destino é o Vasco




Após troca de farpas públicas entre os presidentes dos clubes, Fluminense e Vasco se envolvem agora na disputa pelo futebol de um garoto de apenas 15 anos. Paulo Vitor Fernandes Pereira, camisa 7 e um dos destaques do time infantil tricolor campeão estadual do ano passado, está a caminho de retornar para São Januário. O jogador deveria ter se reapresentado no clube das Laranjeiras no início de março, mas não apareceu.

O Tricolor notificou nessa terça-feira a Ferj e a CBF pelo sumiço do garoto. Com a ação, a diretoria tricolor sinaliza que vai brigar pelo futebol de Paulo Vitor. A Lei Pelé prevê indenização em casos desse tipo – de troca de jogador antes dos 16 anos. Nesta idade, os jogadores e os clubes podem firmar o primeiro contrato profissional.

Destaque da base tricolor, Paulo Vitor é irmão do atacante Denilson, que está emprestado pelo Fluminense ao Granada da Espanha. Nascido em 24 de junho de 1999, ele deixou o Vasco em troca pelo atacante Hugo, este ainda no clube vascaíno.

A diretoria tricolor identificou a ação do Vasco no sumiço de Paulo Vitor. O garoto já esteve em São Januário na última sexta-feira, mas ainda não treina com o grupo do infantil. Procurado pelo GloboEsporte.com, o Vasco não comentou o assunto até a publicação da reportagem.

Por Explosão Tricolor / Fonte: GloboEsporte.com / Foto: Bruno Haddad / Fluminense FC

PUBLICIDADE