Fluminense é condenado em ação movida por Mateus Norton




Foto: Mailson Santana / Fluminense F.C.



Clube terá que pagar mais de R$ 191 mil ao volante

Em ação movida pelo volante Mateus Norton, o Fluminense foi condenado pelo Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região do Rio de Janeiro. Em decisão proferida no último fim de semana, a juíza Heloisa Juncken Rodrigues determinou que o Tricolor terá que pagar R$ 191.245,03 ao jogador. O clube ainda pode recorrer da decisão. A informação foi dada em primeira mão pelo site “Esporte News Mundo”.

Mateus Norton rescindiu o contrato com o Fluminense em fevereiro de 2019. Um dos pontos cobrados na ação e deferidos pela magistrada foi o pagamento das verbas rescisórias. De acordo com os autos, o Tricolor admitiu “não ter pagado as verbas decorrentes da rescisão apenas porque achou “justo”, pois teria liberado o autor do pagamento da multa indenizatória desportiva”.

“Desta forma, tenho que o acionado é o legítimo devedor das verbas postuladas, sendo certo que não logrou provar (…) o respectivo adimplemento”, destacou a juíza em trecho da sentença.

Também foram deferidas as reclamações de Mateus Norton contra o Fluminense relacionadas ao FGTS e multas pelo atraso no pagamento das verbas pela rescisão do contrato.

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



Por Explosão Tricolor

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE