Governo do Rio de Janeiro notifica Flamengo e Fluminense e exige liberação do Maracanã para o jogo entre Vasco e Sport




Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC



Fluminense e Flamengo podem sofrer sanções caso não liberem o estádio

O Governo do Rio de Janeiro, através da Casa Civil, notificou o Flamengo (permissionário) e o Fluminense (interveniente anuente) por não permitirem a realização do jogo entre Vasco da Gama e Sport, no dia 3 de julho, no Maracanã, como solicitado pelo clube de São Januário. O documento exige a imediata reconsideração do Consórcio, sob pena de imposição de sanções aos clubes, em caso de descumprimento.

Em caso de descumprimento, segundo o ofício enviado pela Casa Civil, Flamengo e Fluminense podem ser punidos pela imposição de sanções previstas na cláusula 19ª do Termo de Permissão Onerosa de Bem Público do Complexo do Maracanã. As punições podem ser multas e, em última instância, até mesmo o cancelamento do termo de permissão. O ofício é endereçado a Rodolfo Landim e Mário Bittencourt, presidentes de Flamengo e Fluminense, respectivamente.

Na última sexta-feira, o Vasco da Gama acionou a Justiça para enfrentar o Sport no Maracanã. O Consórcio, que tem Flamengo e Fluminense à frente, alega que a partida causaria danos ao gramado devido à grande quantidade de jogos no calendário. Os dois clubes investiram cerca de R$ 4 milhões na reforma do campo no início do ano, mas o gramado já apresenta sinais de desgaste.

notificação estado maracanã vasco flamengo - parte 1 — Foto: Reprodução
notificação estado maracanã vasco flamengo - parte 2 — Foto: Reprodução

PUBLICIDADE