Justiça neles, Fluminense!




O Fluminense não pode ficar calado! (Foto: Vinicius Toledo / Explosão Tricolor)
O Fluminense não pode ficar calado! (Foto: Vinicius Toledo / Explosão Tricolor)
O Fluminense não pode ficar calado! (Foto: Vinicius Toledo / Explosão Tricolor)

O Fluminense é isso, o Fluminense é aquilo…

Pague a série B, rei do tapetão, tapetense…

E por aí vai toda a imbecilidade de milhões de trouxas!

A grande massa alienada deste país acaba caindo no papo furado imposto por um covarde sistema e sai falando um monte de asneiras por aí. São os famosos “filhotinhos do sistema”, que não passam de uns pobres coitados.

Isso não me causa irritação alguma, somente o sentimento de pena… Pena por ver um monte de analfabetos, principalmente, políticos, opinando sem base, passando por cima de valores e distorcendo a história.

A covardia sofrida no final de 2013 ainda não saiu da memória do torcedor tricolor. Infelizmente, a diretoria se manteve calada, assim como se mantém até hoje em outras situações… Outras situações? Vamos lá…

No início de abril, o presidente do Madureira acusou o nosso vice de futebol, Mário Bittencourt, de agenciar jogadores.

Qual o problema nisso? Todo. Com toda sinceridade, não consigo acreditar que esta acusação seja verdadeira, mas gostaria muito, que o nosso dirigente tomasse uma atitude de exigir que o Elias Duba provasse esta acusação diante do homem da capa preta. Apesar da acusação ter sido de ordem pessoal, a imagem do vice-presidente de futebol do Fluminense também acabou sendo atingida.

E o ex-presidente da Portuguesa de Desportos? Sem cerimônia, o tal do Ilídio Lico falou para o mundo inteiro ver, que o Fluminense e a Unimed estão envolvidos no caso Héverton. Só uma pergunta: já meteram o cara na justiça?

Para completar a brincadeira, recentemente, tivemos outros três episódios de achincalhamento da imagem do Fluminense. Alguém aí já esqueceu? Vamos lá…

O deputado federal Paulo Pimenta do PT/RS ridicularizou o Fluminense em pleno Congresso Nacional.

A revista “Isto É” fez charge debochando do Fluminense.

O tal do Peninha, que faz figuração no programa ExtraOrdinários, do Sportv, teve o descaramento de chamar o nosso Tricolor de clube mau-caráter. Detalhe: com milhões de pessoas assistindo ao vivo. Pergunto mais uma vez: o Fluminense tomou alguma providência? Não. Para piorar o cenário, no programa de ontem, o indivíduo disse que o Fluminense pagou à Portuguesa para permanecer na Série A. Até quando aturaremos essa exposição negativa da imagem do Fluminense?

Para quem discorda do texto, um aviso: é melhor você repensar na sua vida e, principalmente, nos seus conceitos e valores. O burocrático “deixa pra lá” é papo de gente derrotada e acomodada.

Reconheço que sou meio chato, mas quando pisam no pé, vou pra dentro sem dó nem piedade. E quando pisam no pé do Fluminense não é diferente. Precisamos de uma defesa institucional que tenha pulso forte, disposição e coragem para encarar os inimigos e detratores do Fluminense.

Justiça neles, Fluminense!

Saudações Tricolores!

Vinicius Toledo / Explosão Tricolor

PUBLICIDADE