O vai ou racha do Fluminense




Não tá fácil torcer para o Fluminense (Foto: O Globo)
Não tá fácil torcer para o Fluminense (Foto: O Globo)
Hora da decisão no Fluminense (Foto: O Globo)

Apesar dos moles para o Vasco, Chapecoense e Avaí, o Fluminense segue vivo na disputa pelo topo. 

É verdade que estamos aos trancos e barrancos, mas o que importa é que ainda estamos vivos e ainda há chance.

Dá ou não dá para ser feliz? 

Só depende do próprio Fluminense, entretanto, o sinal de alerta já está ligado e agora será na base do vai ou racha.

Vai ou racha? Sim, agora não tem ideia. E não é terror ou pressão da minha parte. Simplesmente é a tabela que diz isso. Veja abaixo, os nossos próximos cinco jogos:

Internacional x Fluminense – fora – 22h – 12/08

Fluminense x Figueirense – casa – 16h – 16/08

Joinville x Fluminense – fora – 16h – 23/08

Fluminense x Atlético-MG – casa – 16h – 30/08

Corinthians x Fluminense – fora – 22h – 02/09

Deu para entender a pressão?

Se o Fluminense pensa no pentacampeonato brasileiro, ele terá que ganhar os três próximos jogos para depois fazer duas grandes decisões seguidas contra o Atlético-MG e o Corinthians. 

Não há mais espaço para erros, mas não há mesmo.

Dá para conseguir? Na minha opinião, dá. Mas algo tem que ser feito pelo treinador, que, diga-se de passagem, começou a inventar bastante.

Além das invenções, o ataque do Fluminense não saiu do papel. 20 gols em 17 jogos é brincadeira! Nos últimos 4 jogos, fizemos somente 2 míseros gols.

Não é só a defesa que deve ser crucificada… 

Que na próxima quarta, uma nova arrancada seja iniciada em Porto Alegre.

Cada clube tem o seu momento crucial no Campeonato Brasileiro. E o do Fluminense chegou…

É vencer ou vencer. Não há outra alternativa.

EXPLOSIVAS DO GUERREIRO:

1 – Mesmo dando um ou outro mole, não consigo enxergar o Cavalieri no banco, como muitos tricolores andam pedindo por aí. Outro que vem sendo detonado é o Wellington Silva. Penso o seguinte: ruim com ele, pior sem ele.

2 – Já que o Edson está suspenso, sugiro que o Enderson escolha o Cícero para o duelo de quarta. Com Jean e Cícero, teremos uma transição mais rápida e qualificada.

3 – No ataque, o Fred não deve jogar. Eu acenderia uma vela para João de Deus e iria de Wellington Paulista mesmo na base do seja o que Deus quiser. 

4 – Breno Lopes e Magno Alves não podem mais entrar de titulares. Que o Mário Bittencourt e Fernando Simone se virem para arrumar um lateral-esquerdo decente para o Fluminense.

5 – Vale a pena a diretoria tricolor olhar para os goleiros do Sport (Danilo Fernandes) e Joinville (Agenor). Os dois estão fazendo um grande campeonato.

Saudações Tricolores

Vinicius Toledo / Explosão Tricolor

PUBLICIDADE