MARCADO NA MEMÓRIA




0217/04/2005, essa foi a data de um dos momentos mais eufóricos que pude viver como torcedor do Fluminense. Eu estava com meus 13 anos de idade, até então não tinha tido o prazer de ver o meu Fluminense como Campeão Carioca. Mas em 2005, ao fim do estadual, eu poderia comemorar a tão aguardada conquista.

Pode parecer exagero na visão de alguns, mas para mim a equipe que em 2005 disputou o carioca, ficou marcada, como eu gostava daquele time. Preto Casagrande, Diego Souza, Tuta e Leandro eram os destaques, da equipe comandada por Abel Braga. O título da Taça Rio sobre o nosso maior rival, uma goleada histórica de 4 x 1 sobre o Flamengo, foi um grande momento, que viria a ser completado com o os confrontos contra o Volta Redonda, que decidiram o Campeão Carioca.

O time que enchia os olhos do torcedor, sofreu no primeiro jogo da decisão contra o Volta Redonda. O Voltaço venceu o Fluminense por quatro a três. O Tricolor precisaria de dois gols de vantagem no segundo jogo, para se sagrar Campeão. E no segundo duelo, saiu perdendo logo aos nove minutos do primeiro tempo, seria preciso três gols para que o Fluminense levantasse a taça.

Mas “Se não é sofrido, não é Fluminense”. O Tricolor virou o jogo, vencia por dois a um, mesmo tendo jogado boa parte do segundo tempo com um jogador a menos, quando Tuta foi expulso. O jogo era tenso, o placar levava a decisão para os pênaltis. E então veio o momento épico, que me marcou, que colocou esse jogo nas minhas memórias. O canto do João de Deus, a canção do Papa João Paulo II, que havia falecido naquele ano. Cantado por mais de 60 mil pessoas no Maracanã, e por milhões pelo Brasil todo, nos empurrou rumo ao improvável terceiro gol, o gol do título, o gol do zagueiro Antonio Carlos, aos 47 minutos do segundo tempo.

“A benção, João de Deus”, o Fluminense se sagrava Campeão Carioca de 2005, pra alegria de todos tricolores. Hoje o Fluminense enfrenta o Volta Redonda, quase 10 anos após a conquista épica, que essas memórias possam nos inspirar e inspirar o time do Fluminense, em busca de mais um vitória.

– Leandro Alves

PUBLICIDADE