No final das contas…




FOTO: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.



O Fluminense perdeu para o Atlético Nacional-COL, mas a atuação coletiva não pode ser considerada desastrosa. Na verdade, acho que o empate seria até mais justo. Mesmo com o gol sofrido logo no terceiro minuto de jogo, a equipe soube suportar a pressão inicial dos colombianos. Com o jogo controlado, o Tricolor até criou chances, mas faltou caprichar na última bola. Pena que o Luciano tenha desperdiçado uma das chances de gols mais incríveis da história do futebol mundial. Seria o gol da tranquilidade, que enterraria de vez a equipe de Medellín.

Se no ataque, o Luciano vacilou feio, o que falar sobre o Agenor? A atuação dele foi pavorosa. E olha que o Fluminense nem foi massacrado. O cara conseguiu até a proeza de catar borboleta! Com todo respeito ao jogador, mas não dá. Mesmo não sendo solução, ainda prefiro o Rodolfo. Marcos Felipe já está há anos no elenco e sempre foi terceira opção. Ou seja, a próxima diretoria já tem uma missão: encontrar um goleiro decente no mercado e contratá-lo.

Quem também não esteve nada bem foi o Gilberto. Definitivamente, o camisa dois tricolor não vive um bom momento. Errou quase tudo que tentou e não foi bem na marcação. Isso é algo que preocupa bastante para a sequência.

Uma coisa que me incomodou foi o João Pedro longe da área. O moleque até se esforçou bastante, no entanto, por mais que ele tenha habilidade, é nítido que não é muito a praia dele. Isso já tinha ocorrido no último domingo, contra o Bahia.

Derrota é sempre ruim, mas em competição mata-mata, o que vale é o placar agregado. E nesse quesito, deu 4 a 2 para o Fluminense em cima de um outro gigante da América do Sul. No final das contas, é isso que importa. Na próxima fase, a batalha será contra o Peñarol-URU. Pedreira das grandes, mas também não há nada de aterrorizante. A camisa deles é enorme, mas o atual time está longe de causar pânico, no entanto, tem que ser respeitado. É jogo para a torcida lotar o Maracanã e jogar junto durante os noventa minutos. Clássico dos grandes!  

Agora é virar a página para o Campeonato Brasileiro já que a situação não é nada confortável. E ainda tem jogo decisivo pela Copa do Brasil na outra semana… é vencer ou vencer!

Rapidinhas

Fundamental

O Allan joga muito, muito mesmo. Peça fundamental para o time.

Soneca

Paulo Henrique Ganso dormiu em campo…

Entrevista

Após entrevistar o candidato Mário Bittencourt, chegou a hora de entrevistar Ricardo Tenório. Será hoje, às 15h (de Brasília), com transmissão ao vivo pela nossa página no Facebook. Tentei agendar com o pré-candidato Marcelo Souto há três semanas, no entanto, até o momento, não obtive um retorno.

Saudações Tricolores!

Vinicius Toledo



PUBLICIDADE