Sampaoli critica impunidade no episódio da invasão ao CT do Fluminense: “Nada acontece”






Treinador argentino criticou a postura dos torcedores que protestaram no CT Pedro Antônio

Em entrevista coletiva concedida na noite do último domingo (30), o técnico Jorge Sampaoli, do Santos, resolveu se manifestar sobre um tema extracampo que afeta o futebol brasileiro: a impunidade. O treinador argentino citou como exemplo a invasão de torcedores ao CT do Fluminense, ocorrida no último sábado (30). O comandante santista cobrou punição aos envolvidos no episódio.

– A pressão que se gera em uma derrota me parece ridícula, porque não parece algo que vai determinar que a equipe melhore. Jogadores de futebol não são livres. São críticas que chegam ao ponto de se invadir um CT. É assim que funciona e o que temos que viver nesta profissão. Está implícito que é assim. Temos que tratar que as vitórias venham para estarmos tranquilos. Não falo só do Santos, falo de outros lugares, como no Fluminense. Aqui no Santos não reclamo porque aqui não recebi nenhum protesto nem incômodo. Mas pode acontecer. As coisas saem de controle. Isso acontecem em todos os lugares. As pessoas que invadiram o prédio do Fluminense estão soltas. Invadiram local privado e estão soltas. Nada acontece – disse Jorge Sampaoli.

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



Por Explosão Tricolor

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE