Temendo protestos, Fluminense adota estratégia para driblar torcida no retorno ao Rio






Delegação do Fluminense desembarcou direto na pista do Aeroporto do Galeão

O Fluminense desembarcou na tarde desta quinta-feira (31) no Rio de Janeiro, após a derrota por 2 a 0 para o Ceará, na noite de ontem, na Arena Castelão, em Fortaleza, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Temendo possíveis protestos no Aeroporto do Galeão, a delegação tricolor desembarcou direto na pista, onde um ônibus esperou jogadores, dirigentes e comissão técnica, que saíram do avião por um túnel separado dos demais passageiros.

Desta forma, ninguém falou com a imprensa. Apenas alguns funcionários saíram pelo saguão. Apesar das precauções, não houve a presença de torcedores no aeroporto, apenas alguns familiares de jogadores e funcionários.

Na noite de quarta-feira (30), na saída da Arena Castelão, houve protesto de torcedores. Jogadores e o técnico Marcão foram cobrados, e o presidente Mário Bittencourt e o vice-geral Celso Barros, hostilizados.

O Fluminense é o 16º colocado do Brasileirão com 30 pontos e pode terminar a rodada na zona do rebaixamento caso o Cruzeiro vença o Botafogo, nesta quinta-feira, às 21h30, no Estádio Nilton Santos.

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



Por Explosão Tricolor

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE