Violência, prisões e desordem urbana: Comandante da Polícia Metropolitana detalha onda de violência em Barranquilla




Barranquilla (Foto: Divulgação)



Nesta terça-feira (04), o Fluminense embarcará para a cidade de Barranquilla, na Colômbia, sem saber se realmente pisará no gramado do Estádio Romelio Martínez para enfrentar o Junior Barranquilla, pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América.

O motivo da incerteza em relação à realização do jogo é a guerra entre o povo e a polícia por conta dos protestos  devido à reforma tributária na Colômbia. O cenário em todo país é bastante problemático, porém, até o presente momento, as autoridades locais e nem mesmo a Conmebol se manifestaram sobre um possível adiamento ou até mesmo transferência do local da partida para outro país.

De acordo com o Comando da Polícia Metropolitana de Barranquilla, na última segunda-feira (03), os violentos protestos geraram impactos em estabelecimentos comerciais e uma marcha avançou em direção ao perímetro urbano da capital atlântica.

– Desde o início do dia, tivemos quatro eventos; três concentrações e uma mobilização. Alguns eventos de vandalismo foram cometidos, até mesmo roubos foram cometidos contra alguns estabelecimentos comerciais e alguns sinais de estrada foram arrancados de suas bases e usados pelos manifestantes para bloquear os trilhos – disse brigadeiro-general Diego Rosero, comandante da Polícia Metropolitana de Barranquilla, que ainda detalhou algumas prisões:

– Três adultos e um menor foram capturados. Eles estão sendo apresentados à Procuradoria-Geral da República para audiências de legalização de captura. Mais de 42 pessoas também foram levadas para a UCJ – Unidade de Serviços Especializados em Convivência e Justiça Cidadã. Tivemos a necessidade de intervir com o Esmad duas vezes, como resultado temos um de nossos policiais, ferido em uma perna – disse o chefe da instituição armada na capital atlântica.

Ainda segundo o comandante da força disponível, nenhuma denúncia foi apresentada pelos cidadãos. Através das redes sociais, grupos criminosos incentivam os jovens a participar em atividades e cometer desmantelamento.

– Conseguimos detectar que existem alguns grupos criminosos zonais, que têm se dedicado a instrumentalizar, energizar e incutir jovens, para cometer vandalismo, em setores de bairro, a fim de promover o descontentamento social – concluiu o brigadeiro-general Diego Rosero.

Marchas en Barranquilla

Protestas en Barranquilla.

Protestas en municipios del Atlántico

Alerta Caribe

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!

Grupo D – Copa Libertadores (ative a rotação automática do celular para ver a tabela completa)

TIMES P J V E D GP GC SG %
1 Fluminense Fluminense 4 2 1 1 0 3 2 1 66
2 River Plate River Plate 4 2 1 1 0 3 2 1 66
3 Independiente Santa Fe Independiente Santa Fe 1 2 0 1 1 2 3 -1 16
4 Junior Barranquilla Junior Barranquilla 1 2 0 1 1 2 3 -1 16

Agenda tricolor na Copa Libertadores 2021

1ª rodada

22/04 – Quinta-feira – 19h – Fluminense 1 x 1 River Plate – Maracanã – Rio de Janeiro (RJ)

2ª rodada

28/04 – Quarta-feira – 21h – Independiente Santa Fé 1 x 2 Fluminense – Estádio Centenário de Armênia – Armênia (COL)

3ª rodada

06/05 – Quinta-feira – 19h – Junior Barranquilla x Fluminense – Estádio Romelio Martínez – Barranquilla (COL)

4ª rodada

12/05 – Quarta-feira  – 21h – Fluminense x Independiente Santa Fé – Maracanã – Rio de Janeiro (RJ)

5ª rodada

18/05 – Terça-feira  – 21h30 – Fluminense x Junior Barranquilla – Maracanã – Rio de Janeiro (RJ)

6ª rodada

25/05 – Terça-feira  – 19h15 – River Plate x Fluminense – Estádio Monumental de Núñez – Buenos Aires (ARG)

Por Explosão Tricolor / Fonte: Explosão Tricolor, Alerta Caribe e Rádio Antena 2

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE