Respiro




Vitória importantíssima do Tricolor.

O time respira aliviado, o Abelão respira aliviado e nós, torcedores, respiramos aliviados.

Só que infelizmente as coisas vão se desenhando como em temporadas anteriores, quando vencemos jogos que foram verdadeiras batalhas, mas bobeamos perdendo pontos em casa, como a derrota do meio da semana.

Alguns de vocês podem achar que é pessimismo eu falar disso depois de uma vitória como essa contra o Coritiba, onde superamos muitas adversidades, como a falta do nosso artilheiro e a contusão de dois zagueiros. Mas eu penso de outra forma.

Vejo muitos torcedores nas redes sociais descendo a lenha no grupo e no treinador. Acho que nem tudo são espinhos, mas nem tudo são flores em nenhum desses elementos.

O Abelão tem lá suas teimosias, mas monta o time de forma competitiva e segura vestiário como poucos no Brasil. Parece que aquela máxima do “estaríamos ferrados sem ele” reflete o pensamento de boa parte da torcida tricolor, inclusive deste que vos escreve.

O time tem vontade, meus amigos tricolores. Disso eu não reclamo, seria uma baita injustiça.

Tá certo que em alguns jogos, como contra o Botafogo no meio da semana, o time parece não ter forças pra reagir, mas, pô, a molecada já nos deu provas esse ano que merece um voto de confiança, de que nunca vai ser por falta de esforço.

Perdemos muitos pontos por falta de outro fator: experiência (ou malandragem, se preferirem).

Nesse domingo, no Couto Pereira, pela primeira vez, vi o time jogando pelo resultado de maneira correta.

Parece que finalmente entenderam que precisa segurar a bola na frente quando tá ganhando, não precisa correr que nem louco o jogo todo.

Nossos vacilos nessas bolas alçadas na área são o que mais me preocupa no nosso time. Toda vez que tem falta perto da área ou escanteio pro outro time é um Deus nos acuda.

Dá pra arrumar isso com treino, até onde eu sei.

Não precisamos daqui pra frente trilhar um caminho medíocre como o que temos trilhado de 2012 pra cá. Eu sinto mais vontade nesse time do que nos últimos que tivemos, talvez seja reflexo de ter tanto garoto da base, que valoriza a oportunidade e tá cheio de gás.

A minha esperança é essa, que essa empolgação dure, que possa contagiar a todos: time, técnico, torcida e até mesmo a diretoria que anda dormindo no ponto.

Afinal, o nosso verde é o da esperança…

No mais, VENCE O FLUMINENSE!!!

Pitacos do Toni:

– Wendel e Gustavo Scarpa voltaram a jogar bem. Reflexo da mudança de esquema?

– Que golaço do Richarlison hein? Fez uma ótima partida, segurou a bola na frente, irritou os adversários… É bom que volte aos trilhos e deixe aquela confusão pra trás.

– Sobrou algum zagueiro no elenco? Que azar o nosso! Sorte que os dois que entraram deram conta do recado.

– Cruzeiro (casa), Corinthians (casa), Ponte Preta (fora), Sport (fora). Sequência difícil. Precisaremos de muita concentração. Cruzeiro é um time perigoso, Corinthians erra muito pouco, Ponte vem em má fase, é jogo pra voltar com os três pontos, e o Sport vem embalado.

Toni Moraes

Siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook

INSCREVA-SE no nosso canal do YouTube e acompanhe os nossos programas!

SEJA PARCEIRO DO EXPLOSÃO TRICOLOR! – Entre em contato através do e-mail:explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE