Alexandre Torres afirma que a responsabilidade da barração do Wendel é exclusivamente do treinador Abel Braga




A situação do volante Wendel foi o principal assunto comentado pelos tricolores após o empate com o Flamengo na tarde de ontem. O treinador Abel Braga resolveu abrir o jogo e criticou duramente o comportamento da jovem promessa do Fluminense. Questionado sobre a polêmica, o gerente de futebol do clube, Alexandre Torres, limitou-se a dizer que a decisão é exclusivamente do Abel Braga e que as portas do clube não estão fechadas para o jogador.

– As portas para os jogadores nunca estão fechadas. Jogador tem que se garantir dentro de campo. Não sou eu que vou falar se o Wendel vai voltar a jogar pelo Flu ou não. Ele está trabalhando e treinando diariamente. Se mostrar nos treinamentos que tem condições de voltar, não vejo motivo para não escalar. É um jogador que já mostrou o que pode fazer. A gente espera que ele dê o máximo e volte àquele nível. Ele ficou fora por opção técnica e tática do Abel. Ele falou que o Wendel não estava cumprindo aquilo que ele gostaria e escolheu outro jogador que ele acreditava viver um melhor momento – frisou o dirigente – comentou Alexandre Torres.

Por Explosão Tricolor / Fonte: GloboEsporte.com / Foto: Fluminense FC

VEJA AINDA:

Ato de indisciplina tira Wendel do Fla-Flu

Fluminense anuncia novo acordo de patrocínio

Em coletiva, Abelão abre o jogo sobre sobre vários assuntos do Fluminense e manda a real para jornalista

Fora do Fluminense por tempo indeterminado, Wellington Silva continua lutando contra dores no púbis

Parreira explica motivo de não aceitar o convite para assumir a vice-presidência de futebol do Fluminense

Siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook

INSCREVA-SE no nosso canal do YouTube e acompanhe os nossos programas!

SEJA PARCEIRO DO EXPLOSÃO TRICOLOR! – Entre em contato através do e-mail: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE