Apesar dos bons números e excelente futebol, Miguel perde espaço no Fluminense




Foto: Lucas Merçon / Fluminense F.C.



Destaque nos dois primeiros jogos da temporada, Miguel perdeu espaço no time titular do Fluminense. O jogador, de 16 anos, já está sem jogar há três partidas. O detalhe curioso é que o jovem talentoso meia chegou a ser utilizado como falso nove após as boas atuações iniciais. Sendo assim, a revelação de Xerém não conseguiu apresentar o mesmo futebol e acabou sendo barrado.

Sem Miguel, Odair optou pelo questionado Matheus Alessandro, que não apresenta jogos regulares e tem dificuldade para concluir as jogadas. Miguel, por sua vez, é líder de assistências para finalizações do time na temporada. Mesmo não balançando as redes, o meia foi o grande parceiro de Nenê, principalmente, nas vitórias sobre Portuguesa e Bangu. O jovem deu duas assistências nas cinco partidas em que atuou.

Em três partidas atuando como um “falso nove”, Miguel não repetiu as atuações que teve jogando mais solto pelo meio de campo. Contra o Flamengo e a Unión La Calera. Inclusive, ele foi sacado no segundo tempo. O meia não foi mais utilizado desde o jogo de ida da primeira fase da Copa Sul-Americana.

Fora a boa percepção de passes, Miguel conseguiu mostrar qualidade no setor ofensivo por meio das jogadas individuais. O futebol com ousadia e responsabilidade foi visto e deixa boas lembranças para a torcida.

Miguel tem contrato com o Fluminense até dia 3 de junho de 2022. Enquanto não retoma espaço, o jogador tenta mostrar nos treinamentos porque merece a titularidade da equipe. No entanto, pode ser uma opção para os ataques no duelo contra o Moto Club, pela primeira fase da Copa do Brasil.

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



Por Explosão Tricolor / Fonte: Lance!

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE