Através de carta, ex-vice jurídico do Fluminense responde colocações do presidente Pedro Abad






Miguel Pachá afirmou que o presidente Pedro Abad adotou o totalitarismo na sua gestão

O ex-vice de Interesses Legais do Fluminense, Miguel Pachá, enviou uma carta ao portal Globoesporte.com, para apresentar sua versão sobre os últimos acontecimentos no Tricolor.

O advogado respondeu a colocações do presidente Pedro Abad, que concedeu entrevista ao portal na semana passada. Miguel Pachá definiu algumas medidas do mandatário como totalitárias e disse que o clube está com as “vísceras expostas”.

ENTREVISTA: Renúncia, reforma das Laranjeiras, venda de jogador, caso Diego Souza e muito mais; veja a íntegra da entrevista de Pedro Abad

– Somos, hoje, um clube com as vísceras expostas, nocauteados em pé, sem credibilidade e com a imagem devastada (…) Abad entende que compartilhava a gestão, mas, infelizmente, camuflado por temperamento singular, o totalitarismo de decisões estratégicas foi sua marca – escreveu o advogado.

Na carta, o advogado refutou ter atuado politicamente no jurídico do Fluminense – Pedro Abad afirmou que nomeará pessoas apolíticas na reposição das vagas na diretoria. O ex-vice também cobrou transparência no clube, lamentando que iniciativas como a reforma do estatuto, a implementação das medidas sugeridas por uma consultoria, a criação de um departamento de negociações e a implementação de um documento de memória das negociação de jogadores tenham ficado pelo caminho.

Confira a íntegra da carta:



VEJA AINDA:

+ Veja os números das finanças do Fluminense no primeiro trimestre de 2018

Fluminense perde um dos destaques do Sub-20 para o Grêmio

Por Explosão Tricolor / Fonte: Globoesporte.com

Siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook

INSCREVA-SE no nosso canal do YouTube e acompanhe os nossos programas!

Entre em contato através do e-mail: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE