Avaliação de cada uma das treze contratações do Fluminense para a disputa da atual temporada






Avaliação das contratações realizadas pelo Fluminense para a disputa da atual temporada

A equipe da redação do Explosão Tricolor avaliou a performance de cada uma das treze contratações do Fluminense para a disputa da atual temporada. Confira abaixo e não deixe de registrar sua avaliação no campo de comentários da publicação!

Agenor (goleiro)

O goleiro, que temporada passada defendeu o Guarani-SP, teve apenas uma chance na equipe titular do Fluminense. A oportunidade apareceu no Fla-Flu, válido pela última rodada da fase de grupos da Taça Rio. Os rubro-negros venceram por 3 a 2, mas a atuação de Agenor foi destacada já que o goleiro fez grandes defesas no clássico.

Apesar de se sair bem nos treinos, tudo indica que permanecerá na reserva de Rodolfo.

TOTAL DE JOGOS DISPUTADOS: 1

Ezequiel (lateral-direito)

Com o Gilberto fora de combate nos primeiros jogos da temporada, Ezequiel foi titular durante toda a campanha tricolor na Taça Guanabara. Chegou até a marcar um gol na vitória sobre a Portuguesa, no entanto, não convenceu. Tem dificuldade de se projetar ao fundo e é razoável na marcação.

TOTAL DE JOGOS DISPUTADOS: 13

Matheus Ferraz (zagueiro)

O experiente zagueiro chegou bombardeado de críticas. Na temporada passada, Matheus Ferraz atuou pelo América-MG, que foi rebaixado para a Série B. Apesar das críticas, o jogador mostrou que todos estavam enganados. O novo camisa três tricolor virou o grande xerifão da zaga do Fluminense. Ele é tão seguro no jogo aéreo, que muitas vezes consegue transformar um corte na área tricolor em passe para um companheiro sair jogando. Também tem ido muito bem por baixo.

Matheus Ferraz é o novo xerife tricolor (Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC)

Além de estar cumprindo muito bem com as suas funções defensivas, Matheus Ferraz ainda tem colaborado lá na frente. O zagueiro marcou dois gols e deu uma assistência. Está totalmente à vontade no Fluminense.

TOTAL DE JOGOS DISPUTADOS: 21

Léo Santos (zagueiro)

Ao contrário de Matheus Ferraz, Léo Santos chegou com aprovação de muitos tricolores nas redes sociais e até de alguns veículos de imprensa. No entanto, não conseguiu justificar a fama de jogador promissor. Quando esteve em campo, o zagueiro mostrou uma certa afobação na saída de bola e não foi bem no jogo aéreo. Além disso, cometeu um pênalti bobo no Fla-Flu, válido pela semifinal da Taça Rio. A torcida tricolor bombardeou o zagueiro com pesadas críticas.

Para piorar a situação, Léo Santos teve que operar o joelho direito. A previsão é a de que retorne em três meses. A recuperação está sendo realizada no Corinthians, detentor dos direitos econômicos do atleta, no entanto, segundo informações, o zagueiro retornará ao Fluminense para cumprir o seu contrato de empréstimo até o final do ano.

TOTAL DE JOGOS DISPUTADOS: 6

Nino (zagueiro)

Disputou apenas cinco jogos, mas se saiu bem em todos eles. A evolução é nítida. Apesar de ser um pouco lento, possui bom senso de colocação e realiza excelentes antecipações. Grata surpresa justamente num momento em que o elenco conta apenas com três zagueiros à disposição.

TOTAL DE JOGOS DISPUTADOS: 5

Allan (volante)

Como segundo homem de meio de campo, se saiu razoavelmente bem. Tem técnica e boa chegada ofensiva. Não tem medo de finalizar, mas precisa melhorar a pontaria. Seus chutes até são perigosos, mas geralmente vão para fora. Nas poucas vezes que atuou como cabeça de área, não se saiu tão bem. De qualquer forma, pode ser considerado como uma contratação útil.

TOTAL DE JOGOS DISPUTADOS: 10
Caio Henrique (Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC)

Caio Henrique (volante)

Havia uma certa dúvida sobre até que ponto sua contratação seria útil, mas quando a bola rolou, Caio Henrique virou um dos principais jogadores do Fluminense na temporada. O jogador teve boas atuações como volante, no entanto, acabou se firmando na lateral-esquerda a pedido do técnico Fernando Diniz.

Vale ressaltar que a preferência do Caio Henrique é a de atuar como volante. Até o momento, ele marcou um gol e deu duas assistências.

TOTAL DE JOGOS DISPUTADOS: 21

Bruno Silva (volante)

Muitos torcedores depositaram esperança na contratação de Bruno Silva, no entanto, até o presente momento, o experiente volante ainda não justificou a sua vaga cativa na equipe titular. O principal problema do jogador é o excessivo número de passes errados. Além dos passes errados, o número de faltas também preocupa. Não à toa, Bruno Silva tem 8 cartões amarelos em 16 jogos.

Desde que chegou ao Fluminense, Bruno Silva marou um gol e deu uma assistência.

TOTAL DE JOGOS DISPUTADOS: 16

Léo Artur (meia)

Fez a sua estreia na vitória do Fluminense sobre o Santa Cruz, na última quarta. Muito cedo para qualquer tipo de avaliação.

TOTAL DE JOGOS DISPUTADOS: 1
Paulo Henrique Ganso (Foto: Vinicius Toledo / Explosão Tricolor)

Paulo Henrique Ganso (meia)

Chegou para ser o cérebro do meio de campo do Fluminense. Foi bem no início, mas caiu de produção nos últimos jogos. O fato de ter atuado muito pouco nos últimos três anos merece ser considerado.

Com a camisa tricolor, Paulo Henrique Ganso conseguiu emplacar sequências de jogos que não conseguia há mais de dois anos. Por ser um craque, vale a pena dar um voto de confiança e ter um pouco de paciência.

Até o momento, o camisa dez tricolor marcou dois gols e deu uma assistência.

TOTAL DE JOGOS DISPUTADOS: 11

Mateus Gonçalves (atacante)

Mateus Gonçalves deu azar do trio de ataque ter encaixado desde o início do ano. Ainda assim, recebeu algumas chances durante os primeiros jogos, mas foi infectado por uma caxumba no início de março. O pouco que esteve em campo, mostrou ser bom driblador, no entanto, precisa ser mais objetivo.

TOTAL DE JOGOS DISPUTADOS: 8
Yony González (Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC)

Yony González (atacante)

O colombiano chegou sem sentir qualquer tipo de pressão ou problema de adaptação. Não demorou para logo cair nas graças da torcida tricolor com gols, assistências, intensa movimentação e muita entrega durante os jogos. Já pode ser considerado como uma peça fundamental para a equipe.

Yony González já marcou 8 gols e deu 5 assistências. É o segundo jogador mais decisivo do Fluminense na temporada, com 13 participações diretas (gols ou assistências) nos 40 gols marcados pelo time de guerreiros em 2019.

TOTAL DE JOGOS DISPUTADOS: 20

Ewandro (atacante)

Foi contratado no final do mês passado. Ainda não atuou.

TOTAL DE JOGOS DISPUTADOS: –

 

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!

VEJA AINDA:

+ Resultados da semana deixam o Fluzão mais próximo do pote 2 da segunda fase da Copa Sul-Americana; entenda a situação

+ Sobre a situação do Everaldo (por Vinicius Toledo)



Por Explosão Tricolor

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE