Cristóvão tem cinco jogos para evitar uma possível demissão




Atualmente o Fluminense vive um momento de tensão, o clube está fora do G4 no Estadual e a torcida não tem mais paciência com os constantes erros cometidos pelo técnico Cristóvão Borges, mas o treinador ainda possui uma chance de dar a volta por cima. Para continuar no clube ele precisa ao menos chegar até a semifinal e para isso terá mais cinco jogos sendo os dois últimos confrontos diretos (Tigres, Cabofriense, Barra Mansa, Flamengo e Madureira).

Os dirigentes vem pregando cautela e respaldo quando o assunto é o treinador, porém sabe-se que dificilmente Cristóvão continuará no clube caso seja eliminado no Carioca. O Presidente Peter Siemsen falou à Rádio Globo, confira um trecho da entrevista abaixo.

“Visamos um trabalho a longo prazo desde 2014. O Cristóvão era um técnico com custo-benefício interessante. Entendemos que algumas situações adversas são naturais. Tivemos um resultado bom no Campeonato Brasileiro por tudo o que aconteceu. As derrotas, mesmo que sejam para times pequenos, serão analisadas com cautela. Nossa ideia é pensar em toda a temporada. Logicamente que o grupo de jogadores não está fechado e podem acontecer mudanças para o Campeonato Brasileiro” disse o Presidente.

Por: Explosão Tricolor / Fonte: UOL / Foto: Bruno Haddad

PUBLICIDADE