Fluminense ainda não decidiu se irá pedir a liberação de Pedro da seleção olímpica




FOTO: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.



Diretoria do Fluminense irá se reunir para discutir um possível pedido de liberação do camisa 9

Convocado para defender a Seleção Brasileira Olímpica no Torneio de Toulon, na França, o centroavante Pedro desfalcará o Fluminense em jogos decisivos. Por esse motivo, a diretoria do Tricolor ficou de se reunir a partir de quinta-feira para analisar se fará um pedido de liberação do jogador à CBF.

De acordo com o cronograma da CBF, os jogadores terão que se apresentar no dia 27 de maio. O retorno está previsto para o dia 17 de junho, ou seja, com os campeonatos já paralisados por conta da disputa da Copa América. Sendo assim, Pedro desfalcará o Fluminense nos jogos de volta contra o Atlético Nacional-COL, dia 30, pela Copa Sul-Americana, e Cruzeiro, dia 5 de junho, pela Copa do Brasil.

O Fluminense ainda não decidiu se entrará com um pedido de liberação do atacante junto à CBF. E só tratará do assunto a partir de quinta-feira, em razão do jogo desta quarta, contra o Cruzeiro, pela Copa do Brasil. Pedro está fora da partida em razão de dores na perna esquerda, mas estará presente no Maracanã. O presidente Pedro Abad se reunirá com o vice de futebol, Fabiano Camargo, o diretor executivo de futebol Paulo Angioni, e o técnico Fernando Diniz para analisar o tema.

Uma eventual liberação dependeria de um acordo entre Fluminense e CBF, já que parte do período (6 a 11 de junho) é também Data-Fifa. A situação, no entanto, é complexa e envolve diversos fatores que precisarão ser colocados na balança, como perda técnica, possível valorização de um ativo do clube, desejo pessoal do jogador, etc. Pedro ficou feliz com a convocação e, pelo apurado, respeitará qualquer que seja a decisão do clube.

A CBF chegou a sondar o Fluminense no início do mês sobre quatro jogadores para a disputa do Torneio de Toulon. Além de Pedro, o zagueiro Nino e os volantes Allan e Caio Henrique estavam sendo monitorados por André Jardine. Na ocasião, o Tricolor argumentou que perder quatro de seus titulares em um período sem paralisação das competições traria grandes prejuízos ao time. Ao fim, a CBF chamou apenas um atleta tricolor.

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!

VEJA AINDA:

+ Pedro é convocado para a seleção brasileira olímpica

+ Vice da chapa de Mário Bittencourt, Celso Barros admite conversa com Thiago Neves e outros atletas

+ Grêmio é denunciado por episódio de injúria racial contra Yony González



Por Explosão Tricolor / Fonte: Globo Esporte

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE