Fluminense fecha mais dois acordos na Justiça para quitar dívidas milionárias




Foto: Divulgação / Pixabay



Fluminense fechou acordos judiciais com Fernando Henrique e Thiago Gosling

Em meio aos vários processos trabalhistas que enfrenta na Justiça, o Fluminense tem conseguido, em alguns casos, realizar acordos com os credores, com o objetivo de evitar ou desbloquear penhoras que asfixiem o fluxo de caixa. E os dois mais recentes, fechados nas últimas semanas, foram com o goleiro Fernando Henrique e o ex-zagueiro Thiago Gosling, em acordos de R$ 1.760.000,00 e R$ 3.244.000,00, respectivamente, a serem pagos de forma parcelada. A informação foi dada pelo portal “Globo Esporte“.

Atualmente no Oeste-SP, Fernando Henrique, formado nas categorias de base do Fluminense, clube que defendeu até 2010, havia entrado com a ação em 2013. Em julho, a Justiça do Trabalho determinou em favor do goleiro a penhora de quase R$ 2 milhões, metade do que o Tricolor teria direito a receber pela venda de Gerson, do Flamengo, ao Olympique de Marselha, da França, através do mecanismo de solidariedade da FIFA.

Em agosto, as partes entraram em acordo. No acerto, o clube das Laranjeiras se comprometeu a pagar R$ 1.251.100,92 em 29 parcelas de outubro deste ano até fevereiro de 2024. A primeira será de um valor de R$ 100 mil e todas as demais de R$ 31.295,87, além de R$ 440 mil em honorários advocatícios. O Fluminense havia quitado anteriormente R$ 68,899,08 da dívida com o goleiro, valor descontado do total.



Já Thiago Gosling, que defendeu o Tricolor entre 2005 e 2006, entrou com o processo assim que saiu do clube alegando que, após uma nova lesão, o Fluminense parou de pagar seu salário, de R$ 50 mil, e não tinha seguro para acidente de trabalho como determinava a Lei Pelé. No mês passado, o ex-zagueiro havia conseguido penhorar 85% do valor da premiação do Tricolor pela classificação para as quartas de final da Copa do Brasil, em um total de R$ 2.910.143,68.

Após o episódio, as partes entraram em um acordo para o parcelamento da dívida. O Tricolor se comprometeu a pagar um total de R$ 3.244.000,00 em 38 parcelas até outubro de 2024. As duas primeiras prestações no valor de R$ 200 mil, e as demais de R$ 79 mil.

Só nos últimos meses, o Fluminense fez outros acordos na Justiça: de R$ 1,3 milhão com o ex-atacante Washington, o “Coração Valente“, até 2022, de R$ 5,1 milhões com o ex-zagueiro André Luís até 2024, de R$ 945 mil com o ex-volante Ygor até 2024, de R$ 420 mil com o ex-zagueiro Cássio até 2022, e de R$ 582 mil com o técnico Marcelo Oliveira até 2023.

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



Vigésima terceira rodada do Brasileirão 2021

Sábado (02/10)

17h

Fortaleza x Atlético-GO – Arena Castelão

Cuiabá x América-MG – Arena Pantanal

19h

RB Bragantino x Corinthians – Nabi Abi Chedid

21h

Atlético-MG x Internacional – Mineirão

Domingo (03/10)

16h

Flamengo x Athletico-PR – Maracanã

Chapecoense x São Paulo – Arena Condá

18h15

Palmeiras x Juventude – Allianz Parque

20h30

Grêmio x Sport – Arena do Grêmio

Quarta-feira (27/10)

19h

Santos x Fluminense – Vila Belmiro

Bahia x Ceará – Arena Fonte Nova



Por Explosão Tricolor / Fonte: Globo Esporte

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE