Mantenham Everaldo




Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC

Utilize o cupom de desconto do Explosão Tricolor no ato da compra → explosaotricolor



Mantenham o Everaldo!

Enfim, PH Ganso estreou. Se não foi um primor de performance, pelo menos demonstrou toda a classe que o fez, um dia, ser considerado figura certa na seleção brasileira. Necessita, com urgência, de melhorar a condição física, mas já é um alento ao torcedor tricolor.

Condição atlética, porém, não é problema a outro jogador do time: Everaldo. O cara tá voando em campo. Sei que há quem não gosta, mas as primeiras partidas deste ano demonstram que ele é peça fundamental no esquema de Fernando Diniz. Contudo, por se tratar do Fluminense da Flusócio, nenhuma alegria dura pelo menos três partidas.

Especulações

Estão pipocando notícias de que o Cruzeiro quer levar o jogador. E, pelo jeito, quer pra já, pois pretende utilizá-lo ainda na rodada de grupos da Libertadores. Vale lembrar que ele está emprestado ao Fluminense, que tem até o dia 17 de maio para adquirir 50% dos seus direitos federativos por R$ 2 milhões. Ultrapassado este prazo, o jogador está livre para negociar com quem quiser.

Grêmio na disputa

Além do time mineiro, o Grêmio também entrou na jogada e quer levar o atacante para Porto Alegre. Ou seja, tirar jogador do Fluminense nestes tempos ficou muito fácil, já que ele não tem mais a grandeza de outrora e, ultimamente, transformou-se em trampolim dos principais atletas.

Vale a pena pagar R$ 2 milhões?

Mas uma pergunta deve ser feita: vale a pena pagar R$ 2 milhões por Everaldo? Respondo, sem medo de errar, que não só vale a pena, como deveria ser feito o quanto antes, para a tranquilidade de todos, incluindo o próprio atleta.

Em primeiro lugar, não podemos esquecer que, no futebol atual, R$ 2 milhões não é lá uma grande quantia. Se a gestão do Fluminense tivesse o mínimo de competência, jamais hesitaria em ter no caixa este valor. Basta lembrar que, em 2012, portanto há sete anos, Rafael Moura saiu do clube rumo ao Internacional de Porto Alegre por R$ 7,5 milhões.

Números comprovam importância de Everaldo

Depois, as estatísticas divulgadas pelo site footstats.net comprovam que ele está entre os cinco primeiros do Campeonato Carioca em vários quesitos individuais, destacando-se a assistência, chutes certos a gol e dribles (neste ele é o primeiro colocado, com o dobro do segundo lugar, que é o Vitinho do Flamengo).

Esses números comprovam que ele tem sido uma peça importante no esquema do time. Perdê-lo neste momento pode ser uma ducha de água fria nas pretensões de Fernando Diniz para o restante da temporada.

Outro dado interessante sobre o atleta, e que mostra a sua importância tática, é que ele é o terceiro maior “ladrão” de bola do Carioca: 15 desarmes certos. Perde apenas para dois jogadores de marcação do Flamengo, que são o volante Cuellar e o lateral Renê. Ou seja, mesmo jogando no ataque, Everaldo tem fôlego de sobra para marcar lá em cima e também acompanhar o lateral adversário.

Peça importantíssima

Apenas por estes predicados fica claro que a contratação de Everaldo é importante. Como se não bastassem os números e a comprovação de que ele tem a confiança do técnico, não se tem notícia de que ele seja um profissional que desagrega o grupo. Tais circunstâncias comprovam que ele vale os R$ 2 milhões. É inimaginável que Pedro Abad e sua turma vão abrir mão de um ativo tão importante para o elenco.

Sem essa de refugos!

Nada de pensar em barca cruzeirense. Se Bruno Silva é um jogador que valeu a pena, quaisquer outros que vierem do elenco azul de Minas não são capazes de suprir a falta que o atacante fará ao time. É claro que o Cruzeiro não irá incluir na negociação os seus principais jogadores, sendo que os demais são refugos que nada acrescentarão ao Fluminense.

Obrigação

Se a Flusócio pensar minimamente na grandeza do Fluminense, manterá Everaldo. Fernando Diniz merece contar com seu atacante de confiança durante 2019 e tenho certeza que o jogador tem muito a evoluir vestindo a camisa do clube. Pra quem pagou R$ 7,4 milhões por Robinho, que foi emprestado ao CSA este ano, o mínimo que se espera é a manutenção do atual atacante pela esquerda tricolor.

Mais uma da Flusócio?

Porém meus amigos, estamos falando da Flusócio. Não honra os compromissos financeiros com atletas, funcionários e equipe técnica. Fez o Fluminense responder a um sem número de ações judiciais, com penhoras de todos os tipos que inviabilizam o futebol e ainda mantém nas Laranjeiras vários PJ’s sem a devida transparência e com elevados salários. Tudo isso mostra que o trivial não é a regra em Álvaro Chaves. E Everaldo pode ser mais uma dessas infelizes negociações que assombram a torcida.

Que Everaldo seja mantido no clube!

Ser Fluminense acima de tudo!

Evandro Ventura



PUBLICIDADE