Michael comemora boa atuação em jogo-treino e Rafinha espera aproveitar oportunidades




Michael ganhou a confiança da torcida no Campeonato Carioca de 2014, após passar por momento difícil. Algum tempo depois, o atacante caiu no desgosto do torcedor, mas parece querer recuperar a confiança dos tricolores novamente. Após boa atuação no jogo-treino diante da Cabofriense, com um gol e uma assistência na vitória por 2 a 1, Michael falou ao site oficial do clube:

– Eu nem esperava jogar. Quando o Cristóvão entrou com dois centroavantes de início (Fred e Walter), a minha esperança aumentou. Estou bastante feliz por ter dado assistência e por ter feito um gol. Vou passar bem o meu fim de semana e vir treinar na segunda-feira mais disposição ainda e continuar trabalhando forte para quando surgir outra oportunidade.

Sobre o passe para Jean, o atacante contou um fato curioso:

– Eu nem vi que era o Jean. Ele só gritou e eu achei que era o Wagner, que tem a voz parecida. Só toquei para o lado. Independentemente de quem fizer o gol, o Fluminense sempre tem que ganhar e tentar melhorar a cada dia.

Ao encerrar, Michael mencionou a torcida que compareceu em peso nas Laranjeiras nesta manhã e convocou para o Maracanã, no próximo domingo.

– Fazer um gol no Fluminense, pode ser no treino, amistoso, coletivo ou jogo, tem a mesma emoção para mim. A entrega é a mesma. Ver os torcedores vindo nos apoiar em peso, numa época de renovação do nosso elenco, em que precisamos deles, é muito bom. Tomara que domingo que vem estejam em peso no Maracanã.

Já Rafinha, que teve algumas oportunidades em 2014, não conseguiu aproveitar tão bem as chances no ano. O meia falou antes do jogo-treino e espera que 2015 seja diferente.

– A expectativa para esse ano é de aproveitar bem todas oportunidades que surgirem. Estou focado em conquistar meu espaço entre os titulares, estou trabalhando para isso. O Cristóvão está me testando, dando mais chances nos treinamentos. Quero aproveitar bem.

Por Explosão Tricolor / Fonte: Site Oficial do Fluminense / Foto: Celso Pupo-Fotoarena-VEJA

Siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook

PUBLICIDADE