Presidente Pedro Abad recebe notificação extrajudicial 




Presidente Pedro Abad recebe notificação extrajudicial 

Sócios exigem apuração de possíveis fraudes cometidas na gestão Peter Siemsen

Um assunto que tem agitado os bastidores da política do Fluminense volta a ganhar força nas Laranjeiras. De acordo com o jornalista Leo Burlá, do portal UOL o presidente Pedro Abad foi notificado extrajudicialmente por sócios que exigem a apuração de possíveis fraudes cometidas na gestão de Peter Siemsen.

Assinada pelos associados Humberto Menezes Filho, Luis Monteagudo e Eduardo Mitke, a carta já foi recebida pelo atual presidente. No documento, obtido com exclusividade pelo portal o UOL Esporte, os tricolores citam, dentre outras possíveis irregularidades, a falta de clareza no destino do dinheiro oriundo da venda de Wellington Nem, que rendeu uma multa de R$ 12 milhões por parte da Fazenda Nacional. Foi estipulado um prazo de 15 dias para que os procedimentos administrativos sejam instaurados.

Os sócios ainda afirmam que a Vitton 44, antiga patrocinadora do clube, teve perdoados os juros e as multas contratuais do acordo, assim como informa que o novo contrato com o Maracanã causa prejuízos mensais na casa de R$ 1 milhão ao Fluminense.

O balanço financeiro de 2016 também é alvo da notificação. Para os sócios, as luvas contratuais da Rede Globo (R$ 80 milhões) lançadas no documento são irregulares, visto que teriam de ser diluídas ao longo do contrato que valerá de 2019 até 2024. Com os valores lançados, as últimas contas de Siemsen teriam, segundo os responsáveis pela notificação, criado um superávit falso.

“Há notícias de que o ex-presidente Peter Siemsen tinha o censurável hábito de tomar decisões unilaterais de suma importância, inclusive o de assinar documentos sem observar as regras estatutárias, dentre elas não ouvir os órgãos colegiados para a tomada de decisões que demandavam o aval desses colegiados, fulminando-os de nulidade. Tal procedimento ultrapassa em muito os atos meramente culposos para adentrar no campo do deliberado dolo”, afirma trecho da notificação enviada a Pedro Abad.

Os responsáveis pela elaboração do documento veem grave risco de exclusão do clube do Profut (Programa de modernização da gestão e de responsabilidade fiscal do futebol brasileiro), e citam que Abad pode ser responsabilizado solidariamente caso não tome as medidas cabíveis para apurar os fatos.

VEJA AINDA:

Merece ser valorizado (por Vinicius Toledo)

Jornalista critica chororô do Grêmio e relembra declaração de Renato Gaúcho no Brasileirão do ano passado

Atuação contra o Grêmio, arbitragem, substituto de Pedro, saída de Autuori e muito mais: confira a coletiva completa de Abel Braga

Por Explosão Tricolor / Fonte: UOL

Siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook

INSCREVA-SE no nosso canal do YouTube e acompanhe os nossos programas!

Entre em contato através do e-mail: explosao.tricolor@gmail.com 

PUBLICIDADE