Saudades




Foto: Divulgação

Saudades…

Saudades dos inesquecíveis anos 80, quando eu ainda era apenas uma criança que gostava de colocar o uniforme do Fluminense e ir de mãos dadas com o meu saudoso pai para o velho Maracanã.

Na caminhada da Rua Haddock Lobo ao Maraca, torcedores rivais brincavam: “Troca de time, garoto!”. E eu respondia bem alto: “Sou Fluminense!!!”. Meu pai e o torcedor rival davam gargalhadas e caminhavam juntos rumo ao antigo templo sagrado do futebol mundial.

Acredite: naquele tempo, você podia andar numa boa vestindo a sua camisa e segurando a bandeira sem ser incomodado por ninguém.

No velho Maracanã, um verdadeiro formigueiro humano! Mas dava para comprar ingresso em cima da hora sem qualquer tipo de drama. Eu passava por baixo da roleta! O cara da catraca quebrava esse galho da criançada.

Dentro do estádio, a massa tricolor, comandada pelo eterno Careca do Talco, dava show com centenas de bandeiras das três cores mais bonitas do planeta e muito pó de arroz. Que espetáculo!

A bola rolava, os times davam um verdadeiro show de técnica, raça e disposição. A arquibancada pegava fogo pra valer. Era lindo de se ver!

Assis, Romerito, Washington, Branco, Paulo Vitor, Ricardo Gomes e tantas outras feras tricolores enchiam o torcedor tricolor de orgulho e emoção.

Os anos 80 eram tão saudáveis, que até os ídolos dos rivais eram respeitados pelos torcedores adversários. Tempos que não voltarão mais, mas ficarão guardados em nossas memórias pela eternidade.

E hoje? Hoje tem Fla-Flu, em Brasília.

Daqui do Rio, fica a nossa humilde torcida para que tudo dê certo num cenário totalmente desfavorável, construído pelo próprio Fluminense, em todos os sentidos, mas como estamos falando de Fla-Flu…

A benção João de Deus!

Saudações Tricolores!

Vinicius Toledo

Siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook

INSCREVA-SE no nosso canal do YouTube e acompanhe os nossos programas!

Entre em contato através do e-mail: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE