Uma homenagem emocionante com as cores verde, branco e grená




Em contato com o Explosão Tricolor, o leitor Thiago José Maksoud Machado nos solicitou que publicássemos uma homenagem ao pai dele, o Sr. Ricardo Wagner Pedrosa Machado, ex-atleta do Fluminense da equipe de Water Polo durante a década de 70, que faleceu no último dia 18. Thiago nos enviou um texto emocionante para contar o grande amor que o pai dele sentia pelo Fluminense o orgulho de ser tricolor. Ainda segundo o Thiago, o Fluminense prestará um minuto de silêncio na partida de logo mais, no Maracanã, contra o Bahia. Confira a íntegra da bela homenagem:  

“Hoje se completa 10 dias que meu pai, meu herói, o maior Tricolor que já conheci se foi! Nos deixou após a vitória contra o São Paulo. E me deixou cheio de saudades.

Meu pai foi atleta do Fluminense, fez parte do time de Water Polo do Fluminense durante toda década de 70. Começou a nadar ainda menino nas Laranjeiras, por conta de uma bronquite, recomendação dos médicos, devido ao físico avantajado foi chamado para jogar Water Polo e se destacou, foi algumas vezes o melhor jogador do Campeonato Carioca, foi campeão de inúmeros torneios no “Dream Team” do Water Polo Brasileiro e foi chamado pra Seleção Brasileira, mas nada disso orgulhava ele mais do que o simples fato de ter defendido as Três Cores que Traduzem Tradição.

Antes de atleta, meu pai como eu ou você, era Tricolor. Cantava aos quatros ventos que de 1969 a 1983 (quando se mudou para Campo Grande/MS) só perdeu um jogo do Flu no Maracanã, a estréia do Rivellino que foi em um sábado de Carnaval, e Carnaval ninguém é de ferro. Tinha um enorme orgulho ao declarar que viu o Flu ser campeão ano sim, ano não. Que assistiu máquinas e timinhos. E dizia que naquela época que ninguém ligava pra Brasileiro, que o importante era o Carioca.

Ahhhh! Que saudades você fará! Subir a rampa do Maracanã nunca mais vai ser igual, seja de mão dadas com você, ou apenas falando com você pelo whats app ou em ligação de celular! Nunca subi essa rampa sem estar ligado fisicamente a você de alguma forma.

Em 1983 veio morar longe do Rio, construiu sua família em Campo Grande/MS, mas nunca se desligou do Fluminense, logo comprou um MotoRádio pra continuar escutando o Tricolor a distância, mesmo em um estado eminentemente de influência paulista, conseguiu fazer a mim e meu irmão mais velho Tricolores, e com ele fomos em inúmeras ocasiões ao Maracanã, ao Engenhão, a Moça Bonita, a Edson Passos, a Volta Redonda, a São Januário assistir ao Flu.

Final com o Figueirense em 2007 ao seu lado no Maracanã vendo gol do Magrão, depois pela TV flutuar de alegria no gol do Roger; sofrer em 2008 no Maracanã assistindo ao jogo que nunca acabou de pé nas cadeiras inferiores, tomara que ai nessa dimensão que você está aquela bola do Thiago Neves tenha entrado na prorrogação; ver lágrimas nos seus olhos no dia 5 de Dezembro de 2010 quando Conca e companhia nos fizeram ganhar o Brasil; atravessar de carro numa manhã de 11 de novembro de 2012 quase 600 km pra ver ao vivo o Flu ser Campeão Brasileiro, descer correndo os lances de arquibancada quando o Fred meteu o terceiro! Ter sofrido nos rebaixamentos, nas eliminações e na perda de títulos. Xingar juiz, xingar jogador, xingar técnico, mas NUNCA, JAMAIS insultar a Instituição Fluminense Football Club! 

Escutar você falar que a sua Seleção é o Fluminense, e que Copa do Mundo só seria importante se o Tricolor jogasse! Ah que saudades de nomear os cachorros junto com você, como nomes de jogadores do Fluminense! Não sei como vai ser subir a rampa do maior do mundo sem você! Mas hoje estarei lá! E peço a todos vocês Tricolores que estarão lá, que quando respeitarem um minuto de silêncio em nome de meu pai, Ricardo Wagner Pedrosa Machado, vocês todos respeitem, respeitem por um cara que como eu e você sempre se orgulhou de dizer “Sou Tricolor de Coração”! E orem em silêncio para que ele receba a paz! Obrigado meu pai por me fazer Tricolor! Te amo! E a cada gol do Fluminense, eu sei que você estará comigo!

Thiago José Maksoud Machado”

A família Explosão Tricolor deixa os seus sentimentos a todos os familiares do Sr. Ricardo Wagner e manifesta o orgulho de ter sido escolhida em ser o divulgador de uma emocionante história verde, branca e grená. 

Siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook

INSCREVA-SE no nosso canal do YouTube e acompanhe os nossos programas!

SEJA PARCEIRO DO EXPLOSÃO TRICOLOR! – Entre em contato através do e-mail: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE