Condição física do Gum, análise do Fla-Flu, Avaí e muito mais. Confira a íntegra da coletiva do Abel Braga




Confira a íntegra da entrevista coletiva do treinador Abel Braga após o Fla-Flu: 

ANÁLISE DO JOGO E DO GOL DO FLA

Abel Braga: Não teve falha. O Réver girou no zagueiro. Foram 35 cruzamentos na nossa área, eles ganharam dois. Um com o Guerrero e o do gol. Uma falta que a gente acha que houve infração antes no Romarinho. Falta bem perto da linha lateral… olha onde ela foi batida. Eles foram avisados: não vai adiantar essa luta que tivemos hoje achando que esta tudo resolvido. Não está. Mas vimos que essa equipe renasceu. Dois jogadores foram esplêndidos no jogo: Richard e Marlon. O primeiro nunca disputou um clássico na vida e o garoto precsisava de uma atuação dessa. Ganhamos mais opções. Para todos foi uma supresa o Gum entrar como titular e ele não será problema para domingo. Mesmo com alguns problemas, vamos colocar uma equipe que tenha essa vibração no próximo domingo.

RETORNO DO GUM

Abel Braga: Domingo ele vai estar inteiro. Falei que ia colocá-lo. Nesse momento, tudo influência. Principalmente o mental. Por isso fomos a campo com uma equipe mais cascuda. Eles deram o máximo e vão melhorar. Não adianta achar que resolvemos algo. Temos que resolver os outros jogos também. O Flamengo sabe que aqui a carne é dura. Não é fácil. E é assim que vamos encarar qualquer jogo daqui para a frente.

RECUO APÓS O GOL

Abel Braga: Começamos sufocando. O Fla só saia no chutão. Ganhávamos a primeira bola, mas ela começou a passar e o Fla a ficar com a segunda. Isso jogou o nosso time para trás. Era normal eres irem com tudo no segundo tempo. Conseguiram empatar em uma jogada estranha. Me disseram que teve uma falta no Romarinho antes. Mas claro que tem mérito do Flamengo. Se não sai o gol ali, ficariam cruzando até agora. Me digam qual defesa o Cavalieri fez no segundo tempo? Acabou esse negócio de posse de bola decidir jogo. Tirei um meia e coloquei outro atacante. Não temos medo. Não digo que foi injusto, mas vimos um Fluminense diferente. Até o presidente comentou isso no vestiário.

ESPÍRITO

Abel Braga: Se mantivermos isso… Não sei nem se é espírito, não sei explicar. Falei com eles: ”Quero 5% a mais de cada um”. Acham pouco? Já dá 50%. Estamos em um momento que sentimos aquela gripe chata, quando você quer levantar e não consegue sair da cama. Se cada um pensar um pouco mais positivo, vamos criar um pensamento positivo muito grande. Vai ser o nosso antídoto, o remédio para curar. Mostramos isso hoje. Se mostramos isso no domingo, vamos conviver bem com essa situação. Porque vamos sair dela.

AVAÍ NO DOMINGO

Abel Braga: Não vamos esquecer da campanha do Avaí no segundo turno. Teremos dois desfalques por amarelo (Douglas e Lucas), eles também. Eles vêm conseguindo bons resultados fora de casa. Estamos muito atentos. Não vai adiantar achar que vamos resolver o jogo a qualquer hora. Fomos a Santa Catarina quando eles estavam bem e vencemos. Eles sofreram, passaram muito tempo na zona e estão se recuperando com jogos fantásticos. Todo cuidado é pouco. Não tem esse negócio de estar mais leve porque estamos fora do Z-4.

BARRAÇÃO DO WENDEL

Abel Braga: Ele tá muito mal assessorado. Isso é verdade, mas ele vem sendo avisado todos os dias. Então, da maneira que ele entrou no time, ele saiu. Se não acontecer como foi hoje, ele não volta. Quem não foi relacionado treinou no CT. (Wendel) Chegou no horário e foi o melhor do treino. Se não voltar a ser assim, não vai voltar. Eu quero homem no meu time. Meu time não concentra. Ele tem que olhar o clube. Eu fiz minha obrigação. Ele tem que olhar o clube e, acima de tudo, para seus colegas. Você chega atrasado todo dia, entra em conflito com um elenco profissional. Não vou concentrar por causa de um jogador, eu tiro o jogador. É mal assessorado. Quem chegou no nível que chegou precisa ter um profissional melhor. Se é o caso de estar acertado ou ir para o PSG é mais um motivo para ser profissional. 95% dos jogadores não servem. Eu joguei lá. É a primeira vez que falo assim do jogador. É para sentir na carne. A assessoria não diz que está levando uma vida errada. Vai sair do time 

Por Explosão Tricolor / Fonte: GloboEsporte.com

VEJA AINDA:

Ato de indisciplina tira Wendel do Fla-Flu

Fluminense anuncia novo acordo de patrocínio

Em coletiva, Abelão abre o jogo sobre sobre vários assuntos do Fluminense e manda a real para jornalista

Fora do Fluminense por tempo indeterminado, Wellington Silva continua lutando contra dores no púbis

Parreira explica motivo de não aceitar o convite para assumir a vice-presidência de futebol do Fluminense

Siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook

INSCREVA-SE no nosso canal do YouTube e acompanhe os nossos programas!

SEJA PARCEIRO DO EXPLOSÃO TRICOLOR! – Entre em contato através do e-mail: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE