As reflexões do Zé Tricolor sobre a pelada do Maraca e as últimas do Fluminense




Um salve pra geral que deu uma moral bacana no meu papo reto de reestreia no Explosão Tricolor!

Sem enrolação, vamos logo ao que interessa, meu povo guerreiro da arquibancada tricolor.

A patroa ficou bolada, mas meti o pé pro Maraca.

Cheguei lá e me bateu uma “deprê”. Ainda me perguntei: “Será que cheguei muito cedo nessa porra?”

Não, não e não…

Eram apenas 3,8 mil guerreiros e guerreiros cantando sem parar, uma parada meio que tipo “heróis da resistência”.

Resistência? Sim, resistência contra os malucos que estão apequenando o nosso amado Fluzão sem dó nem piedade.

A pelada rolou, os garotos resolveram a parada logo no início e depois… 

😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴😴

A soneca contaminou geral e o Júlio César levou um frango fenomenal.

O Fluzão até tentou buscar o terceiro, mas nada mudou. Menos mal.

Agora é juntar forças, cantar com fé “A benção João de Deus” e pedir quatro coisas para a decisão lá na Ressacada contra o Avaí:

Que o Júlio César vire São Castilho!

Que o Sornoza vire Assis!

Que o Pedro vire Super Ézio!

Que o Fluzão se classifique!

Ah, já ia esquecendo… TRANSPARÊNCIA JÁ!

Tô com meu parça Vinicius Toledo nessa luta pela transparência no Fluzão. 

Depois das notícias do Gerson e Marquinho, passei até a tranca no armário para não sair mais esqueleto dele. Vai que…

🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬🤬

Abelão também tá boladão… “Eu fiquei aqui por algumas condições, que ainda não foram cumpridas. E me falta jogador”. 

Que não venham de mimimi com essa porra de Flapress ou oposição. Se o comandante falou, tá falado.

Quem gostou, tamo junto e misturado! E quem não gostou, um abraço e saudações tricolores!

Zé Tricolor, o guerreiro do povão!



Clique aqui e confira o texto anterior

Siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook

INSCREVA-SE no nosso canal do YouTube e acompanhe os nossos programas!

SEJA PARCEIRO DO EXPLOSÃO TRICOLOR! – Entre em contato através do e-mail: explosao.tricolor@gmail.com



PUBLICIDADE