Cinco razões para acreditar e cinco para desconfiar do time




Fluminense terá que lutar até o fim! (Foto: Divulgação)

Amigos Tricolores, o Fluminense está num momento importante da temporada, e num momento crítico, onde vai decidir sua vida no Brasileirão.

Tenho observado muitos tricolores bastante apreensivos com o atual momento do time, mas vejo também alguns motivos para sermos mais otimistas. Elenquei 5 razões para nos preocuparmos, e 5 razões para nos tranquilizarmos. Prefiro ficar com a visão mais otimista.

Vamos a elas:

TÁ FEIA A COISA…

1- Com 31 pontos estamos a apenas 1 ponto da zona de rebaixamento, e os times lá de baixo começaram a reagir e muitos praticamente encostaram. Como somos o time com mais empates, qualquer igualdade em pontos no momento nos é desfavorável, já que o primeiro critério de desempate é o maior número de vitórias.

2- O Fluminense atravessa a pior sequência da temporada, tendo, nas últimas 10 partidas, conquistado apenas 2 vitórias, com 2 empates e 6 derrotas. E tem uma das piores campanhas do returno.

3- Wellington Silva não atravessa bom momento, a zaga de garotos é muito instável, Orejuela e Wendel não vêm jogando bem e Sornoza ainda não recuperou seu bom momento, na volta da contusão. Os laterais não estão bem.

4- Abel Braga parece meio perdido, e ele mesmo reconheceu o erro na escalação contra o Palmeiras, quando apostou num time desgastado pela viagem e a classificação na batalha de Quito, menos de 3 dias antes.

5- O time é muito jovem, pouco experiente, e se entrar na zona perigosa não vai aguentar a pressão.

DESESPERAR JAMAIS…

1- Com 31 pontos estamos a 9 pontos do G6, e o G6 deve virar G7, ou até G8, sendo que estamos a apenas 3 pontos do 8º colocado, que é o Atlético/PR, que tem 34 pontos. Estamos em 16º, mas empatados em pontos com outras 3 equipes, e um ponto atrás de outras duas.

2- O Fluminense atravessou a pior sequência de jogos da competição neste início de returno, enfrentando Santos (F), Atlético/MG (C), Vasco, Vitória (F), Atlético/PR (F), Palmeiras (C) e Grêmio (F).  Ninguém teve uma sequência dessas. A seguir virão três jogos no Maracanã:  Flamengo, Avaí e São Paulo, iniciando-se uma sequência menos complicada. Ainda não enfrentamos no returno nenhum dos oito últimos colocados da competição. Jogaremos em casa contra Avaí, São Paulo, Bahia, Coritiba, Ponte Preta e Sport.

3- O jogo de quinta-feira é depois de uma parada de 10 dias no campeonato para os jogos da Seleção Brasileira, ocasião em que o time pôde treinar e recuperar jogadores. Para não perder o ritmo, o time realizou alguns jogos-treino. Breve teremos de volta de contusões musculares nossa zaga titular, Henrique e Renato Chaves. Com eles, e um melhor ritmo de Sornoza e Douglas, o time deve encorpar. Bom momento também para Wellington Silva, Wendel e os laterias terem reencontrado seus melhores condicionamentos físicos e técnicos, e Robinho chegar com mais entrosamento e adaptação.

4- Abel Braga já deu inúmeras provas de sua competência e seu poder de reação, e ele mesmo reconheceu que escalou mal o time contra o Palmeiras, e já promoveu a volta de Diego Cavalieri, que mostrou boa forma contra o Grêmio, apesar de não jogar havia várias rodadas.

5- O time é jovem, e não vai ser por falta de fôlego que irá fraquejar na reta final do campeonato. Já superamos momento muitas vezes pior. ISSO AQUI É FLUMINENSE!!!

Eu boto fé e continuo achando que nossa luta é pela Sul-Americana e G7 ou G8, se for o caso. E isso não quer dizer que concordo com o que foi feito em termos de planejamento este ano, ou seja, NADA! Que se mude tudo em 2018!

E para aqueles que dizem que seria importante o time descer para se reestruturar, por favor: vão torcer pelo Olaria!

Temos que ir aos jogos, galera TRICOLOR!!!

Porque O IMPORTANTE É O SEGUINTE: SÓ DÁ NENSE!!! 

Por PAULONENSE / Explosão Tricolor

Fluminense terá que lutar até o fim! (Foto: Divulgação)

PUBLICIDADE