Conmebol aumenta os valores das premiações da Copa Libertadores da América




Dólar



Após o congelamento da premiação da Copa Libertadores de 2020 para 2021, a Conmebol aumentará os valores pagos aos 47 participantes em 2022.

Segundo o presidente da confederação sul-americana, Alejandro Dominguez, o campeão poderá embolsar um total de US$ 25 milhões (143 milhões), desde que ele comece o torneio desde a fase preliminar 1. Vencedor em 2021, o Palmeiras ganhou US$ 22,5 milhões (R$ 128,7 milhões) no acumulado de todas as fases partindo dos grupos.

Só pelo título, a Conmebol aumentou de US$ 15 milhões (R$ 85,8 milhões) para US$ 16 milhões (US$ 91,5 milhões) a premiação. Houve também acréscimo em parte das fases preliminares, popularmente chamadas no Brasil de “Pré-Libertadores”.

A primeira fase, sem brasileiros, pulou de US$ 350 mil para US$ 400 mil, a segunda, que terá em 2022 Fluminense e América-MG, está em US$ 500 mil e a terceira saltou de US$ 550 mil para US$ 600 mil.

O aumento também nas fases preliminares era um pedido de federações menores, que têm visto brasileiros e argentinos dominarem as finais da Libertadores nos últimos anos.

Veja os valores:

Fase preliminar 1

US$ 400 mil (R$ 2,3 milhões)

Fase preliminar 2

US$ 500 mil (R$ 2,9 milhões)

Fase preliminar 3

US$ 600 mil (R$ 3,4 milhões)

Fase de grupos

US$ 3 milhões (R$ 17,2 milhões)

Oitavas de final

US$ 1,05 milhão (R$ 6 milhões)

Quartas de final

US$ 1,5 milhão (R$ 8,6 milhões)

Semifinal

US$ 2 milhões (R$ 11,4 milhões)

Vice-campeão

US$ 6 milhões (R$ 34,2 milhões)

Campeão

US$ 16 milhões (R$ 91,5 milhões)

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



Por Explosão Tricolor

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE