Postura elogiável




Foto: Mailson Santana / Fluminense F.C.



Desde que estourou a pandemia do coronavírus, o Fluminense adotou uma postura que merece ser bastante elogiada por quem realmente leva esse problema a sério.

Primeiramente, a diretoria tricolor votou contra a continuidade do Campeonato Carioca. Vale lembrar que o Botafogo também foi contra, mas o restante foi a favor. No final, o bom sendo prevaleceu e o campeonato foi paralisado.

Nas últimas semanas, diversas reuniões foram realizadas entre clubes, federações e a CBF. Elas são mais do que necessárias, mas é nítido que o desespero já tomou conta. E não é para menos, pois o impacto da pandemia será brutal em termos financeiros. De cara, os clubes terão que rever profundamente as suas estruturas internas, caso queiram sobreviver com o mínimo de dignidade no pós-pandemia. Mais do que nunca, o Fluminense terá que priorizar o futebol para tentar sobreviver no inevitável cenário de recessão econômica, mas isso é para para outro dia.

Voltando ao tema principal, que é a postura do Fluminense diante de algumas tentativas de movimentações do futebol carioca, neste sábado, o GloboEsporte.com noticiou que o clube é favorável a disputar as rodadas que faltam do Campeonato Carioca e não foi contra o protocolo que está sendo montado pela Ferj.

Porém, a diretoria comunicou que só aceitará voltar a jogar se a Organização Mundial da Saúde, o Ministério da Saúde, os Governos Estadual e Federal, a Fifa e a CBF autorizarem o retorno das atividades e isentarem os clubes de responsabilidade por eventuais casos de contaminação pelo coronavírus.

Bola muito dentro essa postura do Fluminense. E ela merece ser ainda mais valorizada, pois, segundo o GloboEsporte.com, o Tricolor é o clube que mais vem entrando em embate com a Ferj.

Não é nada fácil encarar o sistema, mas verdade seja dita: apesar de inúmeras dificuldades, o Fluminense não está fugindo da dividida.

Feliz Páscoa e Saudações Tricolores!

Vinicius Toledo



PUBLICIDADE