Site oficial da Copa Libertadores publica texto sobre o atacante Fred: “Alimenta o sonho de Glória Eterna do Fluminense”




Fred (Foto: Divulgação / Conmebol)



Site oficial da competição continental destacou que o camisa 9 vem sendo decisivo para o Fluminense

Na tarde desta quinta-feira (29), o site oficial da Copa Libertadores publicou um texto exaltando os feitos do atacante Fred, do Fluminense, que anotou os dois gols tricolores no triunfo por 2 a 1 sobre o Independiente Santa Fe, da Colômbia, na noite da última quarta-feira (28), no Estádio Centenário, em Armênia (COL), pela 2ª rodada da fase de grupos da competição continental. Leia a íntegra abaixo:

“Em junho do ano passado, Fred se emocionou ao assinar contrato com o Fluminense, clube que havia defendido por sete anos, entre 2009 e 2016. Disse retornar às Laranjeiras, que considerava sua casa, para fazer história. Poderia ser um chavão, mas o camisa 9 tem mostrado suas intenções com gols.

Nesta quarta (28), ele marcou dois e ficou com lágrimas nos olhos ao final da partida pela CONMEBOL Libertadores, contra o Santa Fe, da Colômbia, vencida pelo time carioca por 2 a 1, no Estádio Centenário de Armenia.

O veterano atacante de 37 chegou aos 185 anotados pelo Fluminense, ultrapassou Orlando Pingo de Ouro e se tornou o segundo maior artilheiro da história da equipe. Está atrás apenas de Waldo, autor de 319 gols. Com 21 só na Copa, é o quarto maior artilheiro do Brasil.

“Para mim, é motivo de muita honra e muito orgulho. É algo grandioso”, disse o goleador.

Fred deixou sua marca de centroavante na Colômbia da mesma maneira que já havia feito nos títulos brasileiros de 2010 e 2012 pelo tricolor do Rio: em lances de um especialista nas finalizações. No primeiro gol, ele contornou o zagueiro e chutou forte da entrada da área aos quatro da etapa inicial. Com um minuto do segundo tempo, ele estava estava no local exato para receber o cruzamento de Egídio e cabecear para a rede.

Pode ser um sinal de que o atacante, integrante da seleção brasileira nos Mundiais de 2006 e 2014, voltou ao Fluminense em busca do título que lhe falta. Além das conquistas nacionais, ele venceu pelo time o Campeonato Carioca e Primeira Liga.

Ao ser contratado pela primeira vez, em 2009, chegou em elenco vice-campeão da CONMEBOL Libertadores do ano anterior, quando havia sido derrotado na final pela LDU nos pênaltis. Depois disso, não conseguiu chegar tão perto de levantar a taça.

Pelo Fluminense, ele disputou a competição em 2011 (eliminado nas oitavas de final pelo Libertad-PAR), 2012 (quartas de final, contra o Boca Juniors-ARG) e 2013 (quartas de final diante do Olímpia-PAR).

Fred tem feito sua parte. Anotou todos os gols da equipe na Libertadores deste ano. Já havia marcado no empate em 1 a 1 com o River Plate, no Maracanã.

Não que o camisa 9 tenha sido o único responsável pela vitória na Colômbia. O goleiro Marcos Felipe fez grandes defesas que garantiram o resultado, especialmente no segundo tempo, quando Egidio foi expulso, a 20 minutos do fim. A mais decisiva aconteceu nos acréscimos, ao espalmar cabeçada de Jorge Ramos. Quando isso aconteceu, o volante Giraldo já havia diminuído a desvantagem do Santa Fe.

Como o River Plate também venceu por 2 a 1 nesta quarta (passou pelo também colombiano Junior de Barranquilla), argentinos e brasileiros têm campanha idêntica e dividem a liderança do Grupo D da CONMEBOL Libertadores.

O título continental neste ano não seria inédito apenas para o Fluminense. Seria o primeiro da carreira também de Fred, que o buscou em suas duas passagens pelo Cruzeiro e pelo Atlético-MG e não conseguiu.

A persistência não seria algo novo para quem, antes de assinar o acordo para retornar ao clube das Laranjeiras, em 2020, percorreu os cerca de 600 km que separam Belo Horizonte do Rio de Janeiro de bicicleta. De quebra, arrecadou quatro mil cestas básicas a serem distribuídas a entidades assistenciais.

Na próxima quinta-feira (6), o Fluminense volta à Colômbia, mas para enfrentar o Junior.”

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!

Grupo D – Copa Libertadores (ative a rotação automática do celular para ver a tabela completa)

TIMES P J V E D GP GC SG %
1 Fluminense Fluminense 4 2 1 1 0 3 2 1 66
2 River Plate River Plate 4 2 1 1 0 3 2 1 66
3 Independiente Santa Fe Independiente Santa Fe 1 2 0 1 1 2 3 -1 16
4 Junior Barranquilla Junior Barranquilla 1 2 0 1 1 2 3 -1 16

Agenda tricolor na Copa Libertadores 2021

1ª rodada

22/04 – Quinta-feira – 19h – Fluminense 1 x 1 River Plate – Maracanã – Rio de Janeiro (RJ)

2ª rodada

28/04 – Quarta-feira – 21h – Independiente Santa Fé 1 x 2 Fluminense – Estádio Centenário de Armênia – Armênia (COL)

3ª rodada

06/05 – Quinta-feira – 19h – Junior Barranquilla x Fluminense – Estádio Romelio Martínez – Barranquilla (COL)

4ª rodada

12/05 – Quarta-feira  – 21h – Fluminense x Independiente Santa Fé – Maracanã – Rio de Janeiro (RJ)

5ª rodada

18/05 – Terça-feira  – 21h30 – Fluminense x Junior Barranquilla – Maracanã – Rio de Janeiro (RJ)

6ª rodada

25/05 – Terça-feira  – 19h15 – River Plate x Fluminense – Estádio Monumental de Núñez – Buenos Aires (ARG)

Por Explosão Tricolor

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE