Críticas para o bem do Fluminense

banner_viniciustoledo

Abel Braga precisa acertar o sistema defensivo (Foto: Fluminense FC)

Abel Braga precisa acertar o sistema defensivo (Foto: Fluminense FC)

Desde a perda do título carioca, tenho escutado e lido reclamações de alguns torcedores tricolores com relação ao Abel Braga. Motivos? Falta de variedade tática e constante utilização de algumas das piores opções do nosso limitado elenco. Com toda sinceridade, concordo que o Abel realmente necessita apresentar uma solução, por exemplo, para a fragilidade defensiva do Fluminense. Tá difícil manter a competitividade com tantas falhas defensivas, umas individuais, outras devido a frouxidão na marcação de um time que possui vocação ofensiva, mas que tem apresentado sérias dificuldades para recompor e, principalmente, manter uma intensa pegada de marcação no campo adversário.

Qual a solução para tentar equilibrar o time do Fluminense? Não sou treinador de futebol, mas quando a gente puxa da memória o ano de 2010, a primeira coisa que vem a mente é a conquista do tricampeonato brasileiro. Naquele time montado pelo treinador Muricy Ramalho, o sistema defensivo era muito bem blindado. Não à toa, a zaga formada pelo Gum e Leandro Euzébio tirou muito onda como sendo uma das menos vazadas da história dos pontos corridos. Tiveram méritos? Sim, mas para quem se lembra dos detalhes, sabe que a proteção dos volantes era forte e a disciplina tática do restante do time era intensa. Todos marcavam forte. E o Fluminense formava um bloqueio defensivo muito difícil de ser batido.

Entrada do Douglas pode fortalecer o sistema defensivo (Foto: Fluminense FC)

Entrada do Douglas pode fortalecer o sistema defensivo (Foto: Fluminense FC)

Se eu fosse o Abel Braga, tentaria modificar a estrutura tática do time. Ainda dá tempo. E outra: é necessário ter variedade. Não dá para bancar somente um estilo de jogo nos dias de hoje. Hoje, o Fluminense tem sido presa fácil nos grandes duelos. Que tal pensar num meio-campo com Orejuela, Douglas, Wendel e Sornoza? Não estou incluindo o Gustavo Scarpa nesta formação pelo fato dele estar retornando agora depois de quase três meses fora. Com esta formação, o time ganharia maior poder de marcação e ainda teria muita qualidade na saída de bola. A transição estaria garantida, até porque o Douglas e Wendel possuem muita capacidade técnica para fazer a bola chegar lá na frente.

Uma coisa que não entendo é a questão das substituições. Depois da torcida cornetar forte, parece que o Marquinho virou carta fora do baralho. Menos mal! Mas essa insistência no Maranhão mata o torcedor tricolor do coração. Com todo respeito ao profissional, mas o jogador já mostrou que não rende rigorosamente nada com a camisa do Fluminense. Não se trata de implicância, mas sim, de performance. Queria entender o motivo deste rapaz ainda estar no elenco e ter mais chances que o Lucas Fernandes, que, diga-se de passagem, ainda não emplacou, é verdade, mas também não teve uma sequência de oportunidades que o nosso treinador deu a alguns outros jogadores.

Apesar das críticas, confio plenamente no Abel Braga. E outra: é bom a torcida estar fechada com ele. Não há substituto à altura no mercado, sem falar na questão da forte identificação dele com o nosso clube. Nem sempre concordaremos com as opções dele, mas de uma coisa acho que todos nós temos certeza: ele sempre zelará pelo bem do Fluminense.  

O clube precisa lutar para trazer a torcida de volta (Foto: Vinicius Toledo / Explosão Tricolor)

O clube precisa lutar para trazer a torcida de volta (Foto: Vinicius Toledo / Explosão Tricolor)

Algumas observações:

Atlético-MG x Fluminense – Acho que nem preciso comentar sobre o grau de dificuldade do jogo, correto? Preocupa bastante pelo fato da equipe mineira estar voando e possuir uma linha ofensiva que costuma estraçalhar o sistema defensivo adversário no Estádio Independência.

Minha escalação – Para o duelo contra o Atlético-MG, considerando o desfalque do Wellington SIlva, eu escalaria o Fluminense com a seguinte formação: Diego Cavalieri; Lucas, Nogueira, Henrique e Léo; Orejuela, Douglas, Wendel e Sornoza; Richarlison e Henrique Dourado. Deixaria o Marquinhos Calazans, Lucas Fernandes e Pedro prontos para entrarem na segunda etapa.

Wellington Silva – A nossa melhor válvula de escape não deve encarar o Galo. Péssima notícia! Abel Braga deveria tentar o Lucas Fernandes ou optar por povoar o meio-campo com a entrada do Douglas. Chega de Marcos Junior e Maranhão! 

Richarlison – Tem sido peça nula nos últimos jogos. Parece que está com a cabeça em outro lugar… Partiu Europa?

Maracanã x Edson Passos – Entendo perfeitamente toda a questão financeira que envolve jogar no Maracanã. Só não entendo o clube não lutar para tentar atrair a torcedor e angariar sócios para viabilizar a utilização da nossa verdadeira casa. O melhor plano de sócio-torcedor, por exemplo, não está disponível para contratação. Qual motivo? 25 mil tricolores contratando o plano de R$ 60,00 daria uma arrecadação mensal de R$ 1,5 milhão. Outra coisa que me irrita profundamente é o discurso conformista de alguns tricolores com relação a questão de atuar em Edson Passos. Mais dois anos com esse pensamento pequeno acabaremos matando parte da galera que ainda é fiel. 

Forte abraço e Saudações Tricolores!

Vinicius Toledo

Siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook

INSCREVA-SE no nosso canal do YouTube e acompanhe os nossos programas!

SEJA PARCEIRO DO EXPLOSÃO TRICOLOR! – Entre em contato através do e-mail:explosao.tricolor@gmail.com