Análise dos goleiros do Fluminense




Foto: Fluminense FC

Utilize o cupom de desconto do Explosão Tricolor no ato da compra → explosaotricolor

Análise dos goleiros do Fluminense

Deixando de lado os bastidores do clube, chegou o momento de batermos um papo sobre o atual elenco do Fluminense. Hoje o papo será sobre os goleiros do atual elenco tricolor. Será que vale a pena mantê-los? Confira abaixo, mas não deixe de registrar sua opinião no campo de comentários no final da publicação!

Júlio César

Fez uma boa temporada. Na minha visão, foi um dos três melhores jogadores do Fluminense na temporada. Além de ter mandado bem no campo, ele teve importante papel de liderança nos bastidores do elenco. Em conversa com a assessoria do atleta, obtive a informação de que a prioridade de Júlio César é a de permanecer no clube. Pelo conjunto da obra apresentada em 2018, acho válido renovar o contrato.

Rodolfo

Atuou poucas vezes, mas mostrou qualidade para defender o Fluminense. Não deve ter um custo tão elevado. Portanto, vale a pena mantê-lo. Resta saber se ele aceitaria ficar mais um ano na reserva já que existem rumores de um suposto interesse do Goiás, recém-promovido à Série A.

Marcos Felipe

Completa bem o trio de goleiros. Mas encaixá-lo em algum clube durante o período do Campeonato Estadual até que não seria ruim, desde que seja para atuar como titular.

Guillermo De Amores

Não dá nem para falar que decepcionou. Mesmo antes das lesões, não havia sinal algum de que teria chance. As lesões só pioraram sua situação. Só lamento pelo fato de ser um goleiro muito promissor, inclusive, com histórico de ter sido o melhor da sua posição no Campeonato Mundial Sub-20 de 2013. Segundo informações, custa pouco mais de R$ 100 mil mensais. Sendo assim, não é aconselhável renovar.

ESPECULAÇÃO DE MERCADO

Na última semana, a mídia esportiva noticiou um suposto interesse do Fluminense no goleiro Simão, do Operário-PR. Com 25 anos de idade, o jogador foi um dos destaques da equipe paranaense na conquista do título do Campeonato Brasileiro da Série C. O Avaí, recém-promovido à Série A, também está interessado na contratação do jogador.

Simão tem contrato com o Operário-PR até outubro de 2019. A partir de maio, o goleiro pode assinar um pré-contrato com qualquer equipe. A multa rescisória está estipulada em R$ 2,5 milhões. No entanto, o presidente do clube paranaense afirmou que libera o atleta por R$ 1 milhão.

OPINIÃO

Confesso que não conhecia o Simão antes do suposto interesse do Fluminense noticiado pela imprensa. Fiz uma pesquisa não somente por vídeos, mas, principalmente, através de opiniões de jornalistas e torcedores. O  jogador realmente pegou muito durante a campanha na Série C. Resta saber se foi apenas uma boa fase. Missão para a equipe de scout, caso o Fluminense realmente esteja interessado no goleiro. A questão financeira também tem que ser levada em conta. O Fluminense tem condições de pagar R$ 1 milhão?

Amanhã comentarei sobre os laterais. Não perca!

Agasalhos do Fluzão fabricados pela Under Armour com preços promocionais; confira!

Forte abraço e Saudações Tricolores!

Vinicius Toledo



PUBLICIDADE