Com agravamento da pandemia no Brasil, Conmebol teme vários adiamentos na Copa Libertadores




Alejandro Domínguez (Foto: Divulgação / Conmebol)



Entidade sul-americana planeja remanejar eventuais jogos adiados para Assunção, no Paraguai

O adiamento do jogo entre Independiente Del Valle e Grêmio, válido pela 3ª fase da Pré-Libertadores, ligou o sinal de alerta na Conmebol. A entidade sul-americana já teme que outras partidas também sejam adiadas. Essa é a avaliação de cartolas depois de federações filiadas e representantes governamentais subirem o tom em preocupação à variante brasileira da Covid-19.

O duelo entre Del Valle e Grêmio foi transferido para Assunção (PAR), na sexta-feira (09), depois que o governo equatoriano vetou a partida por causa de dois jogadores gremistas, Paulo Victor e Vanderson, que testaram positivo para Covid-19 já no Equador.

A Conmebol se irritou porque, pelo protocolo aprovado pelos governos dos dez países filiados, caso houvesse doentes em times visitantes já em solo estrangeiro esses jogadores seriam isolados e os negativados liberados a atuar. O governo equatoriano, entretanto, proibiu a delegação do Grêmio de deixar o hotel para treinar, avisou que toda a delegação deveria entrar em quarentena e que o jogo não ocorreria.

A preocupação dentro da Conmebol é que a atitude equatoriana se torne corriqueira. Houve nas últimas semanas contatos de cartolas e de membros governamentais preocupados com o protocolo das competições. O foco, claro, é o Brasil, de onde surgiu uma variante da Covid-19 que, segundo os especialistas, tem contágio mais rápido e infecções mais graves. Serão ao menos 14 brasileiros em ação na Libertadores e na Sul-Americana, a depender das classificações de Grêmio e Santos na Pré-Libertadores.

As fases de grupos das duas competições começam em 21 de abril, com 32 jogos semanais espalhados pelos dez países por seis semanas seguidas. Cabeças de chave na Libertadores, Palmeiras, Flamengo e São Paulo estreiam como visitantes, assim como Internacional e Atlético-MG, que estarão no pote 2 no sorteio que será realizado na próxima sexta-feira (09). Já Fluminense (pote 3) e Santos e Grêmio (pote 4), estes dois se avançarem para os grupos, estrearão em casa.

A Conmebol não planeja, por enquanto, rever procedimentos porque avalia que poderia tornar inviável a realização de suas competições se, por exemplo, criasse regras de isolamento de toda uma delegação em caso de positivados. O protocolo da entidade prevê duas situações, basicamente:

1) Se um clube tiver um surto de covid-19 em seu elenco e não conseguir colocar sete jogadores em campo, perderá por WO (derrota por 3 a 0). Por isso a confederação sul-americana manteve para 2021 exceção criada em 2020 que aumentou de 30 para 50 o número de inscritos.
2) Caso um país proíba a entrada de uma delegação visitante, ou a realização da partida como ocorreu no Equador nesta semana, é o time mandante que tem que arrumar um lugar para jogar e perde, obviamente, o direito de atuar em casa. Mesmo que os infectados pela covid-19 sejam do adversário, como no caso do Del Valle, que acabou prejudicado mesmo sem ter positivados.

Nesta segunda situação, a Conmebol resolveu facilitar aos clubes e transformou Assunção, no Paraguai, como uma espécie de “sede da Covid-19”. Com boa relação com o governo paraguaio, já que sua sede está em Luque, ao lado de Assunção, a Conmebol decidiu que jogos com problema serão transferidos para a capital paraguaia.

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!

Jogos da 8ª rodada da Taça Guanabara

Sábado (o3/04)

21h05

Vasco da Gama 4×2 Bangu – São Januário

Domingo (04/04)

11h

Resende 1×3 Boavista – Estádio do Trabalhador

17h

Botafogo 1×1 Portuguesa – Giulite Coutinho

18h

Volta Redonda 3×2 Nova Iguaçu – Raulino de Oliveira

Segunda-Feira (05/04)

21h

Madureira 1×5 Flamengo – Raulino de Oliveira

Terça-Feira (06/04)

21h35

Macaé 0×4 Fluminense – Raulino de Oliveira

Tabela de classificação do Campeonato Carioca 2021 (ative a rotação automática do celular para ver a tabela completa)

TIMES P J V E D GP GC SG %
1 Flamengo Flamengo 19 8 6 1 1 18 4 14 79
2 Volta Redonda Volta Redonda 19 8 6 1 1 14 8 6 79
3 Portuguesa RJ Portuguesa 14 8 4 2 2 9 3 6 58
4 Fluminense Fluminense 13 8 4 1 3 12 9 3 54
5 Botafogo Botafogo 11 8 2 5 1 8 6 2 45
6 Madureira Madureira 11 8 2 5 1 8 10 -2 45
7 Vasco da Gama Vasco 10 8 2 4 2 13 11 2 41
8 Nova Iguaçu Nova Iguaçu 9 8 2 3 3 10 10 0 37
9 Boavista FC Boavista 9 8 2 3 3 10 10 0 37
10 Resende Resende 8 8 2 2 4 5 13 -8 33
11 Bangu Bangu 5 8 1 2 5 3 11 -8 20
12 Macaé Macaé 1 8 0 1 7 3 18 -15 4

Taça Guanabara 2021

1ª rodada 

04/03 – Quinta-feira – 18h – Resende 2×1 Fluminense – Maracanã

2ª rodada 

07/03 – Domingo – 16h – Fluminense 0x3 Portuguesa – Maracanã

3ª rodada

14/03 – Domingo – 18h – Flamengo 0x1 Fluminense – Maracanã

4ª rodada

20/03 – Sábado – 21h05 – Bangu 0x1 Fluminense – São Januário

5ª rodada

23/03 – Terça-Feira – 18h – Boavista 0x2 Fluminense – Elcyr Resende

6ª rodada 

26/03 – Sexta-Feira – 16h – Fluminense 2×3 Volta Redonda – Elcyr Resende

7ª rodada

30/03 – Terça-Feira – 21h35 – Fluminense 1×1 Vasco da Gama – Raulino de Oliveira

8ª rodada

06/04 – Terça-Feira – 21h35 – Macaé 0x4 Fluminense – Raulino de Oliveira

9ª rodada

11/04 – Domingo – 18h – Fluminense x Nova Iguaçu – Maracanã

10ª rodada

17 ou 18 de abril – Fluminense x Botafogo – Maracanã

11ª rodada

24 ou 25 de abril – Fluminense x Madureira – Maracanã

Por Explosão Tricolor / Fonte: UOL Esporte

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE