Em entrevista, Eduardo Uram fala sobre o convite do Fluminense recusado pelo Cuca




Foto: Ivan Storti / Santos FC



O primeiro nome que o Fluminense escolheu para a vaga de Abel Braga, que entregou o cargo e encerrou sua carreira de técnico no Brasil, foi o de Cuca. Atual campeão brasileiro, o treinador de 58 anos está livre no mercado desde que deixou o Atlético-MG em dezembro, alegando problemas familiares, e foi procurado pela diretoria tricolor na noite da última quinta-feira.

Segundo o ge, o presidente tricolor, Mário Bittencourt, ligou para o representante de Cuca, Eduardo Uram, com quem tem boa relação, para sondar a situação e manifestar o interesse na volta do técnico, que tem duas passagens pelo Fluminense, entre 2008 e 2010, e ficou marcado pela surpreendente arrancada para escapar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro de 2009. Em contato com a reportagem, o empresário confirmou o convite, mas descartou a possibilidade:

– O Fluminense me procurou, sim, e eu falei com o Cuca sobre o interesse. Desde a saída do Atlético-MG, o Fluminense é o terceiro ou quarto clube que procurou o Cuca no Brasil, mas ele ainda não está preparado para voltar (a assumir um time). Apesar de ter muito carinho pelo clube, das lembranças espetaculares da última passagem, quando era um objetivo diferente, mas que foi atingido (fuga do rebaixamento em 2009), fica sempre uma memória bonita. Não chegou a ser uma proposta, não falamos em valores, mas nesse momento ele declinou do interesse.

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



Por Explosão Tricolor / Fonte: ge

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE