Falta uma porrada na mesa




Foto: Fluminense FC

Ganhe 5% de desconto na Loja Virtual do Flu! Como? Utilize o código promocional no ato da compra: explosaotricolor

Impossível não compactuar com a revolta da torcida tricolor após mais uma derrota para o Vasco da Gama. Essa terrível freguesia já virou sacanagem. E o que é pior: a frouxidão do Fluminense nos clássicos locais não tem sido apenas dentro de campo.
Nos bastidores, o Fluminense segue sem representatividade alguma. Basta pegar o histórico da maioria dos clássicos dos últimos anos para constatar que quase sempre somos prejudicados pela arbitragem. Como ninguém da diretoria dá uma porrada na mesa, nada mudará.
Além da fraquíssima representatividade nos bastidores do futebol brasileiro, outro ponto que necessita ser ressaltado é a falta de um comando que incendeie o futebol tricolor. Com todo respeito ao Sr. Fabiano Camargo, mas o que ele faz na vice-presidência de futebol do Fluminense? Mais um famoso “quem?” inventado pela Flusócio.
Essa turma precisa entender de uma vez por todas que futebol não é para amadores e que o Fluminense é gigante. Se não tem pegada e pulso forte para cobrar dos jogadores a importância de vencer um rival, é melhor pedir para sair.
Para ser justo, essa rotina de derrotas em clássicos não é de agora. Entretanto, isso não isenta a atual gestão. Tem que ser cobrada! É uma vergonha, o Fluminense vencer apenas três de doze clássicos disputados na atual temporada, ou seja, um aproveitamento ridículo de 36,11%.
Sobre alguns torcedores tricolores, que reclamam diariamente pelas redes sociais, deixo uma pergunta no ar: o que vocês estão fazendo para mudar o cenário do Fluminense? São sócios? Votarão na próxima eleição?
Apesar da preocupação de grande parte da torcida, o Fluminense não cairá no Campeonato Brasileiro. Mas a partida contra o Sport, no próximo domingo, deve ser encarada como o jogo mais importante do ano. Acho que seria válido a diretoria analisar uma grande promoção para a partida. Tudo é válido quando o assunto é luta contra o rebaixamento. E a torcida tem que abraçar essa causa.
Sobre a Copa Sul-Americana, falarei amanhã. Entretanto, aviso que estarei na Arena da Baixada na próxima quarta-feira. Apesar dos engomadinhos mimados que não entendem porra nenhuma de futebol e, principalmente, de Fluminense, jamais abandonarei o gigante verde, branco e grená!
Forte abraço e Saudações Tricolores!
Vinicius Toledo
Clique aqui para seguir o meu perfil no Twitter!

PUBLICIDADE