Fim da linha: Abel Braga pede demissão do Fluminense




Abel Braga (Foto: Mailson Santana / Fluminense F.C.)



A quarta passagem de Abel Braga pelo comando do Fluminense se encerrou. Nesta quinta-feira, o técnico entregou o cargo e não dirige mais o clube das Laranjeiras. Para o confronto deste fim de semana contra o Coritiba, pelo Brasileirão, o técnico interino Marcão será o responsável por dirigir a equipe.

A quarta passagem de Abel Braga pelo clube carioca foi de altos e baixos. Contratado no começo do ano, o técnico iniciou muito bem a sua trajetória pelo Tricolor. Com uma sequência positiva de 12 vitórias, o Fluminense mostrou um bom futebol durante o Campeonato Carioca e os três primeiros jogos da Pré-Libertadores.

Porém, a eliminação para o Olimpia, no Paraguai, antes da fase de grupos da competição sul-americana e a venda de Luiz Henrique fizeram o Tricolor ir do céu ao inferno em poucos dias. Posteriormente, o Fluminense ainda se recuperou e conquistou o título do Carioca sobre o Flamengo interrompendo um jejum de 10 anos.

Após o título, a má fase voltou ao clube carioca. Com atuações ruins no Brasileiro, a Copa do Brasil e dois tropeços seguidos na Sul-Americana, Abel Braga passou a ser pressionado no cargo. A diretoria desejava a sua permanência, mas o técnico optou por encerrar a passagem pelo clube carioca.

No total, Abel Braga comandou o Fluminense em 2022 em 26 jogos, com 17 vitórias, quatro empates e cinco derrotas. Ao todo, a equipe marcou 35 gols e sofreu 15. Conquistou a Taça Guanabara e o Campeonato Carioca da atual temporada.

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



Por Explosão Tricolor

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE