Qual o Fluminense que veremos na Sul-Americana? 




Foto: Fluminense FC

O negócio é o seguinte: todo mundo tá careca de saber que o Fluminense precisa de um título sul-americano.

Como o processo de apequenamento do clube parece a todo vapor, por parte do grupo político que vem gerindo o futebol desde 2011, infelizmente, a Libertadores não é nossa realidade de momento.

Então, parceiro, sobra ela, a esnobada Copa Sul-americana.

Ano passado o discurso do presidente era o de prioridade número um para a conquista deste título. E esse ano?

A julgar pelo andamento da carruagem, parece que a nossa prioridade é não cair no Brasileirão. Pouco, muito pouco pra um clube da nossa grandeza.

Apesar de ser um time brigador, e isso já se mostrou em alguns momentos esse ano, todo mundo vê que precisamos de peças para reforçar nosso elenco. Já cansei de falar aqui as três peças que precisamos, no mínimo: um zagueiro, um meia e um atacante.

João Carlos e Luan Peres são os nomes mais cotados, ainda que vistos com desconfiança pela torcida, e, convenhamos, a desconfiança se justifica já que são jogadores dos quais muito pouco se viu.

Não sou contra essas duas contratações, ainda mais se vierem em regime de empréstimo com opção de compra. Vai que nos surpreendemos com o futebol dos caras… O Richard veio assim ano passado, e, em que pesem as falhas contra o Vasco, vem sendo um atleta regular.

O problema é que a torcida e o time precisam de mais. Precisam de caras que inspirem confiança na gente.

Quando falaram de Kléber Gladiador nessa semana eu quase tive um treco. Não! Mil vezes não! Não vale a pena contratar esse cara, nunca valeu! Nem quando ele estava no auge dele. Ou ele tá machucado ou tá suspenso por conta de seu temperamento.

Será que o mercado sul-americano está fechado pra nós? Não tem ninguém que possamos buscar nos nossos hermanos? Sei que às vezes a adaptação pesa, mas o custo dessas contratações costuma ser baixo pros padrões do nosso mercado. Não vale a pena ficar de olho? Nosso scout (será que existe?) tem dificuldade em avaliar esse mercado?

Fato é que quarta-feira tem a nossa estreia no torneio. Precisamos abrir boa vantagem e não tomar gols pra que não haja sofrimento lá no jogo nas alturas, em Potosí.

Aí fica a pergunta: qual o Fluminense que veremos na Copa Sul-americana?

O Fluminense aguerrido e brigador do jogo contra o Flamengo e o Botafogo nas finais da Taça Rio ou o Fluminense que entregou a classificação pro Avaí e pro Vasco?

Eu quero acreditar na primeira opção. Vamos encher o Maraca na quarta pra ver a resposta que o Tricolor nos dá.

No mais, VENCE O FLUMINENSE!!!

Pitacos do Toni:

– Pedro terminou artilheiro do Carioca. Ainda que eu defenda a contratação de um atacante, vale dar mais chances ao garoto. Futebol ele sabe jogar, agora precisa de malandragem.

– Que essa temporada sem jogos sirva pra que o o time do Fluminense evolua como aconteceu na virada do primeiro para o segundo turno.

– Gostaria de ver o Airton chegar no melhor da sua forma física logo. Ele e Jádson poderiam formar uma bela dupla no meio de campo do Fluminense.

– Fluminense com 5 jogadores na seleção do campeonato: Júlio César, Gum, Ayrton Lucas, Marcos Júnior e Pedro. E aí, merecido?

– O Campeonato Carioca precisa rever a sua fórmula de disputa urgentemente. Precisa voltar por que era antes. Campeão de um turno contra campeão do outro. Ponto final.

Toni Moraes



Siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook

INSCREVA-SE no nosso canal do YouTube e acompanhe os nossos programas!

SEJA PARCEIRO DO EXPLOSÃO TRICOLOR! – Entre em contato através do e-mail: explosao.tricolor@gmail.com



PUBLICIDADE