Tá de brincadeira!




Foto: Divulgação



Essa eu não sabia… O jornalista Jorge Nicola virou Juiz da Justiça? O cara desenterrou o caso Héverton. Até aí, ok. No entanto, o resultado da apuração dele…

O Sr. Nicola disse que conversou com onze pessoas, entre jogadores e dirigentes do clube paulista. Com base nas conversas, ele bancou que o Flamengo não teve qualquer participação na escalação irregular do jogador da Portuguesa, na última rodada do Campeonato Brasileiro de 2013. Se no “Tribunal do Nicola”, o Flamengo foi inocentado, o mesmo não se pode dizer sobre o Fluminense.

Segundo o Sr. Nicola, pessoas ligadas ao clube paulista acreditam que houve um erro de comunicação interno ou algo mais grave. O que seria esse algo mais grave? Conforme o jornalista falou no vídeo (assista ao vídeo no final do texto), esse algo mais grave envolveria o meia Souza, que atuou no Fluminense entre 2011 e 2012. Ainda de acordo com o Sr. Nicola, pessoas ligadas à Portuguesa falaram que o jogador teria pedido ao treinador Guto Ferreira que o Héverton fosse relacionado contra o Grêmio. Ainda no vídeo, o Sr. Nicola cita uma suposta ótima relação de Souza com o Fluminense e a Unimed de forma bastante tendenciosa.

Vale lembrar que as investigações do Ministério Público foram encerradas justamente por conta da falta de provas de irregularidades. Mas o “Tribunal do Nicola” bateu o martelo!

O mais curioso é que o jornalista não citou algumas situações, no mínimo, esquisitas, mas que seguem mais vivas do que nunca. Até hoje, ninguém entendeu como a escalação irregular do André Santos não foi noticiada por nenhum veículo de comunicação do país durante e depois do jogo entre Flamengo e Cruzeiro. Fico imaginando se isso tivesse sido noticiado, no dia seguinte, em todos os jornais, sites e canais de TV do país. Imagina a seguinte manchete: “Fla corre o risco de ser rebaixado por ter escalado jogador em situação irregular”. O “Tribunal do Nicola” não considera esse fato?

Finalizando, é importante sempre lembrar que a escalação irregular do Héverton salvou o Flamengo. Ou será que alguém esqueceu da histórica declaração do advogado Michel Assef Filho?

“Ao longo de dez anos defendendo o nosso Flamengo nos tribunais desportivos, acredito que adquiri experiência para opinar sobre o assunto. Não podemos nos esquecer que se não fosse o descuido da Portuguesa, éramos nós na Série B”.

Saudações Tricolores!

Vinicius Toledo



PUBLICIDADE