Zzzzzzzzzzzzzzzzz…






Que atuação foi essa do Fluminense diante do Luverdense? Seguramente, foi uma das partidas mais sonolentas que já vi em toda a minha vida. Muita posse de bola, sucessivos toques para os lados e nada de finalizar. Deu sono de verdade. Zzzzzzzzzzzzzzzzz…

De cara, não dá para aliviar o Paulo Henrique Ganso. Infelizmente, o camisa dez se limitou a dar alguns toques de primeira. No restante, praticamente andou em campo. Muito pouco para quem carrega a responsabilidade de comandar o setor de criação da equipe. Com relação aos laterais, Gilberto decepcionou mais uma vez em termos ofensivos. Já o Ezequiel fez o mais do mesmo, ou seja, nada.

Sem criação no meio e jogadas pelas laterais, a coisa complicou. Não à toa, o Fernando Diniz teve que colocar o Caio Henrique na lateral-esquerda para tentar ganhar força por pelo  menos um lado de campo. Melhorou, mas não foi o suficiente para o Fluminense alcançar a vitória.

Sobre o trio de ataque, acredito que foi prejudicado justamente pela falta de inspiração do time. Por incrível que pareça, os atacantes apareceram mais na marcação. Everaldo fez alguns bons desarmes e o João Pedro evitou um gol do Luverdense na reta final da partida.

Atuação para ser esquecida, mas que liga o sinal de alerta para o Fla-Flu do próximo sábado. A verdade é que o Fluminense caiu de produção nos três últimos jogos. O que preocupa é que o Fernando Diniz insiste com os mesmos jogadores. Tudo bem, sei que o elenco é limitado, mas será que não é a hora de trabalhar uma variação de jogo e dar chance a alguns jogadores que andam esquecidos no elenco? 

Apesar da apática postura da equipe, o Fluminense tem tudo para avançar à quarta fase. Basta jogar o básico e botar um pouco de vibração. Mas contra o Flamengo, a rapaziada terá que entrar com a faca nos dentes e metendo o pé na porta deles.

Rapidinhas

Aposta

Para o Fla-Flu, eu apostaria no João Pedro. O garoto é bom no jogo aéreo, se movimenta muito bem, tem velocidade e sabe fazer gol.

Alô, Diniz!

Recua o Luciano, coloca o João Pedro no  comando do ataque e vamos pra dentro da mulambada!

Ousadia necessária

No sábado é vencer ou vencer. Portanto, o Diniz terá que ousar.

Forte abraço!

Vinicius Toledo



PUBLICIDADE