Ex-jogador com passagem pelo Fluminense morre aos 66 anos






Ex-atacante tricolor faleceu em decorrência de problemas cardíacos

Faleceu na manhã desta sexta-feira (22), aos 66 anos, o ex-jogador, técnico e dirigente Eli Carlos, com passagens por Guarani, Coritiba, Fluminense, Flamengo e Cruzeiro, entre outros. Ele estava internado no Hospital Irmãos Penteado, de Campinas, desde agosto de 2018, quando sofreu uma parada cardíaca durante uma endoscopia.

Eli era irmão do ex-meia Silas, ídolo do São Paulo e que disputou as Copas do Mundo de 1986 e 1990, e também de Paulo Pereira, ex-técnico do Guarani.

O sepultamento será no Cemitério do Flamboyant, em Campinas, a partir das 16h30. Eli deixa esposa e duas filhas.

Eli Carlos foi revelado no Guarani e defendeu Velo Clube e Comercial antes de explodir no Coritiba, onde foi bicampeão paranaense em 1975 e 76 e é considerado um dos grandes nomes da história do clube até hoje. Também teve passagens de destaque por Cruzeiro e Flamengo.

Ainda defendeu o Fluminense e rodou por equipes menores até encerrar a carreira em 1987 no Palmeiras de São João da Boa Vista-SP. Depois de pendurar as chuteiras, foi treinador com trabalhos em Guarani, Francana, Uberlândia, entre outros.

Também atuou como dirigente do Guarani e depois foi comentarista da Rádio Bandeirantes, de Campinas, por anos.

 

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



Por Explosão Tricolor / Fonte: Globo Esporte

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE