Fim do jejum de vitórias no Brasileirão, preocupação com Ganso, boa fase de Yony, importância de Daniel e muito mais; confira a coletiva de Fernando Diniz






Fernando Diniz concedeu entrevista coletiva após a vitória do Fluminense sobre o Internacional

Após a vitória do Fluminense por 2 a 1 sobre o Internacional, na noite deste sábado (03), pela décima terceira Campeonato Brasileiro, o técnico Fernando Diniz concedeu entrevista coletiva no Maracanã. Confira abaixo as respostas do treinador:

Vitória sobre o Internacional

Fernando Diniz: Foi uma das melhores partidas do Fluminense, melhor do que o jogo contra o Peñarol. O adversário era muito forte, com jogadores que não dava para chamarmos de reservas: Sóbis, Wellington Silva, Tréllez, Nonato… E jogadores que vieram descansados. Esse time deles empatou um Gre-Nal, perdeu para o Athletico aos 49 do 2º tempo e ganhou do Ceará em casa. Nossa equipe dominou a maior parte do jogo, tivemos muitas chances de fazer gol. Limitamos muito as chances do Inter. Foi uma partida muito boa.

Gol sofrido no fim da partida 

Fernando Diniz: Fiquei muito irritado com o gol mesmo. Tínhamos tudo para fazer mais gols e não sofrer. Inter saiu para o jogo, tivemos chances de fazer mais gols e não fizemos. E não poderíamos ter tomado aquele gol. Fiquei irritado sim.

Chances claras desperdiçadas

Fernando Diniz: Houve mais chances de fazermos gols. A bola bate na trave, passa raspando… Não vou nem falar de capricho. Temos que botar a bola para dentro e o quanto mais cedo, melhor. Se você cria muitas chances, a chances de abrir o placar e ganhar o jogo é grande. E acho que o time teve um mérito também. Embora a bola não tenha entrado, ninguém ficou frustrado no 1º tempo. Os jogadores voltaram imbuídos no 2º tempo, ninguém baixou a guarda, ninguém baixou a cabeça e o gol era questão de tempo para sair.

Boas atuações individuais

Fernando Diniz: Muita gente jogou bem hoje. Sempre um ou outro vai um pouquinho melhor. Mas a equipe foi muito bem como um todo. Muitos jogadores jogaram bem. E quando muita gente joga a bem a tendência é o time ganhar os jogos e fazer boas apresentações.

Bom desempenho defensivo 

Fernando Diniz: Aspecto defensivo foi muito importante. Tivemos muito poucos problemas defensivos hoje.

Preocupação com Ganso

Fernando Diniz: Eu perguntei como ele estava. Jogou com uma proteção na coxa no 1º tempo. Se ele tivesse sentindo alguma coisa, iria sair. Ele disse que estava bem e continuou na partida.

Fim do jejum de sete jogos sem vencer no Brasileirão

Fernando Diniz: O psicológico do time ficou mais forte na dificuldade. Com a vitória claro que fortalece um pouco mais, tira um pouco da tensão dos jogadores.

Grande momento de Yony González

Fernando Diniz: Está vivendo um grande momento. O melhor dele no ano. É um jogador que tem muita condição física, tem boa técnica… Hoje, de maneira especial, coletivamente foi quase perfeito. Ajudou a marcar o tempo todo, deu opções de movimentos muito interessantes, fez gol, participou de outras jogadas… Fez uma partida muito boa. Merece todos os elogios.

Importância de Daniel 

Fernando Diniz: Daniel foi ganhando mais maturidade também. Era um jogador que tinha pouca rodagem, tinha jogado pouco pelo Fluminense. Vai ganhando confiança, o time vai encorpando. Ele é um jogador muito inteligente e tem o fato de eu já conhecê-lo, de ter trabalhado com ele no Oeste. Sei que ele é muito sagaz, consegue aproveitar muito bem a maneira como o time joga, consegue ocupar os espaços onde poucos conseguem ocupar por se antecipar taticamente. O crescimento dele foi natural junto com o crescimento do time. Ele fez grandes partidas no Carioca também, não foi só agora não. Oscilou, como todo o time, mas está vivendo um grande momento.

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



Por Explosão Tricolor / Fonte: Globo Esporte 

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE